Mano assume culpa por derrota do Cruzeiro e vê oscilação com naturalidade

O treinador também fez elogios ao adversário e lamentou a atuação tecnicamente ruim do seu time

Estadão Conteúdo

05 de junho de 2017 | 10h38

O técnico Mano Menezes assumiu a responsabilidade pela derrota do Cruzeiro por 2 a 0 para a Chapecoense, no último domingo, no Mineirão, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, resultado que afetou a pretensão do time de assumir a liderança do torneio, o levando a despencar na tabela de classificação. O treinador também fez elogios ao adversário e lamentou a atuação tecnicamente ruim do seu time.

"O Cruzeiro perdeu porque a Chapecoense jogou melhor. Teve superioridade no meio-campo desde o inicio do primeiro tempo, um setor onde se define a maioria dos jogos. A gente abriu mão de um volante no meio-campo porque na nossa avaliação a gente poderia fazer isso. Mantivemos uma coerência na escolha, mas não funcionou a nossa escolha e quando vários jogadores não vão bem individualmente, sempre falo que o culpado é o treinador e as escolhas que o treinador fez", disse.

O treinador só não concordou com as críticas feitas ao desempenho do Cruzeiro, considerando que a irregularidade vista no último domingo foi natural. Para isso, ele elogiou o desempenho da equipe nas rodadas anteriores do Brasileirão e apostou em uma evolução quando jogadores que estão em fase final de recuperação de lesões, como o zagueiro Dedé e o lateral Ezequiel, retornarem ao time.

"A equipe teve um bom desempenho em Santos, teve bom desempenho contra o São Paulo, que era um jogo duro, teve excelente desempenho no segundo tempo em Recife, contra o Sport, em que merecia ter vencido. Mas às vezes você não consegue fazer isso. Estamos dentro da normalidade e podemos melhorar com o retorno de alguns jogadores importantes, porque eles são peças-chave em algumas situações de criação de jogadas principalmente. Quando você não cria bem, as coisas se refletem em outros setores também", afirmou.

Com a derrota, o Cruzeiro parou nos sete pontos e ocupa o oitavo lugar no Brasileirão. O time volta a jogar na próxima quinta-feira, quando vai visitar o Bahia, na Fonte Nova, pela quinta rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroMano Menezes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.