Luca Bruno/AP
Luca Bruno/AP

Mano comanda treino da seleção e faz mistério sobre escalação

Amistoso terá caráter festivo porque o Rasunda, palco da final da Copa do Mundo de 1958, será demolido

Mateus Silva Alves, Agência Estado

13 de agosto de 2012 | 18h52

Mano Menezes comandou nesta segunda-feira o primeiro treino antes da partida amistosa contra a Suécia, mas não deu qualquer pista de qual equipe vai escalar quarta-feira. Isso porque ele decidiu fazer uma atividade técnica, apenas com cruzamentos e chutes a gol. Apesar de uma ou outra brincadeira, era evidente o abatimento dos jogadores. Nenhum deles gostaria de voltar a jogar tão rapidamente após a derrota na final dos Jogos Olímpicos de Londres.

Só nesta terça, quando a equipe fará um treinamento no Estádio Rasunda, local da partida, é que o treinador deverá indicar quais dos seis jogadores que não estiveram na Olimpíada (Daniel Alves, David Luiz, Dedé, Paulinho, Ramires e Jonas) serão titulares contra os suecos.

Daniel Alves vai jogar, isso é certo, assim como é certo que David Luiz e Dedé disputarão o posto de companheiro de zaga de Thiago Silva. Existe, no entanto, a possibilidade de David e Dedé jogarem juntos. Isso porque o capitão da seleção sofreu uma leve lesão na coxa direita contra o México e corre o risco de ficar fora da partida. Embora José Luiz Runco, médico da seleção, diga que Thiago deverá jogar, ele treinou separado dos demais jogadores, o que não é um bom sinal.

O amistoso de quarta terá caráter festivo porque o Rasunda, palco da final da Copa do Mundo de 1958, será demolido em breve. Um outro estádio maior e mais moderno foi construído a cerca de um quilômetro de distância. Nesta terça haverá vários eventos comemorativos com jogadores que disputaram aquele Mundial, tendo Pelé como principal atração, evidentemente. Além dele, outros três brasileiros (Zito, Mazolla e Pepe) e oito suecos que estiveram naquele Mundial darão uma entrevista coletiva no Rasunda pela manhã. À tarde, eles estarão em uma recepção com a Rainha Silvia, que tem ascendência brasileira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolseleção brasileira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.