Bruno Haddad/Cruzeiro
Bruno Haddad/Cruzeiro

Mano comanda treino sem Egídio e esconde escalação do Cruzeiro

Equipe mineira enfrenta o Botafogo nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro

Estadão Conteúdo

04 Setembro 2018 | 20h42

O técnico Mano Menezes não deu pistas da escalação do Cruzeiro para encarar o Botafogo nesta quarta-feira, no Engenhão, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na véspera do confronto, o comandante celeste fechou à imprensa a atividade realizada na Toca da Raposa II.

Se o treinamento não teve a presença dos jornalistas, a assessoria do Cruzeiro comunicou que o lateral Egídio não foi a campo. Ele realizou trabalho na academia do CT e pode ser poupado contra o Botafogo. Se isso acontecer, Marcelo Hermes herdará a titularidade.

Enquanto Egídio pode ser baixa, o Cruzeiro tem dois desfalques confirmados: o zagueiro Dedé, convocado por Tite para os amistosos do Brasil, e o meia Arrascaeta, que estava com a seleção uruguaia mas foi cortado por lesão. Murilo e Rafinha, respectivamente, devem ser os substitutos.

Outra novidade na escalação deve ser a presença de Robinho, que foi poupado contra o Inter, na vaga de Bruno Silva. No ataque, Barcos, em má fase, briga pela titularidade com Raniel. Rafael Sóbis, recuperado de lesão, deverá ficar como opção no banco.

A tendência é que o Cruzeiro encare o Botafogo com: Fábio; Edilson, Léo, Murilo e Marcelo Hermes (Egídio); Henrique, Lucas Silva, Robinho, Thiago Neves e Rafinha; Raniel (Barcos).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.