Vinnicius Silva / Cruzeiro
Vinnicius Silva / Cruzeiro

Mano confia na força do Cruzeiro, mas evita assumir favoritismo no Brasileirão

Equipe mineira estreia contra o Flamengo, neste sábado, às 21h, no Maracanã

Redação, Estadão Conteúdo

26 de abril de 2019 | 20h17

Atual campeão da Copa do Brasil e do Campeonato Mineiro, o técnico Mano Menezes confia que o Cruzeiro de 2019 poderá lhe proporcionar o primeiro título do Brasileirão na carreira. O duelo inicial do time mineiro será neste sábado, às 21 horas, no Maracanã, diante do Flamengo, em um dos principais jogos da rodada de estreia da principal competição nacional. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o treinador comentou sobre o fato de o que o seu time é apontado por muitos como favorito a conquistar a taça, até porque ainda está invicto nesta temporada.

"Começar o Brasileiro é gostoso, é o principal campeonato do País. A única coisa é que vamos começar como invicto. Isso está certo. Agora, favoritismo é difícil, não dá para comparar um Estadual com outro, um grupo de Libertadores com outro. As primeiras rodadas é que vão dizer quem é favorito, é que vão separar as turmas. Por isso é importante começar bem, estar na parte de cima da tabela. É uma competição muito disputada. Temos de construir uma campanha sabendo que a primeira rodada vale os mesmos três pontos da última", disse o comandante, que dirigiu a equipe em 21 jogos neste ano.

Mano, que não adiantou a escalação da equipe para o duelo deste sábado, também falou sobre a qualidade do elenco cruzeirense e do rodízio de jogadores que será mantido durante o Brasileirão, como foi feito nos jogos do Estadual e da Libertadores.

"Estamos rodando alguns jogadores e posições há algum tempo e é o que vai acontecer a temporada inteira. Você troca dois ou três jogadores e não tem queda de rendimento. E vai valer para a estreia. Nossas condições são melhores, mas temos de ver se vamos conseguir confirmar isso. Muita coisa pode mudar, às vezes quem está bem não consegue manter, outros reagem", analisou.

Para o primeiro jogo do Brasileiro, Mano não poderá contar com Robinho e Raniel. O primeiro deles será poupado por causa do desgaste acumulado na grande sequência de partidas que disputou, enquanto o segundo segue se recuperando de uma pancada na coxa esquerda, sofrida há quase três semanas.

"Menos o Robinho, o resto vai estar à disposição. Raniel também (não vai). O Robinho vamos seguir na semana de trabalho mais longo, é uma intenção nossa. Quarta-feira está de volta (contra o Ceará, no Mineirão), é a nossa intenção", disse o técnico, se referindo ao duelo válido pela segunda rodada da competição nacional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.