Mano confirma time misto; Elias pode estrear pelo Corinthians

Meia, que estava na Ponte, vive a expectativa de jogar pelo Corinthians, que busca a quarta vitória na Série B

Redação,

30 de maio de 2008 | 12h16

Com a cabeça apenas na final da Copa do Brasil, o técnico Mano Menezes anunciou que o time que enfrentará o Fortaleza, neste sábado, às 16 horas, no Pacaembu, pela Série B, será repleto de jogadores considerados reservas.Veja também: Corinthians apresenta o lateral-direito Denis Corinthians decide título da Copa do Brasil na Ilha do Retiro Dos titulares que participaram da vitória por 2 a 1 diante do Botafogo, na quarta, válida pela semifinal da Copa do Brasil, Mano poupará quatro: Dentinho, Diogo Rincón, Chicão e Eduardo Ramos. "Vamos poupar alguns jogadores, que sequer serão relacionados para a partida [contra o Fortaleza]", afirmou o treinador alvinegro. Se quatro titulares serão poupados, outros quatro deverão enfrentar o Fortaleza: André Santos, Carlos Alberto, Lulinha e Fabinho, que cumpriram suspensão automática diante do Botafogo. Como estão descansados e o jogo diante do Fortaleza será neste sábado, Mano Menezes não vê problema em utilizá-los. "Eu tenho boas opções para montar o time. Talvez eu coloque o Nílton ao lado do Fabinho, no meio. E posso montar um esquema diferente."Outra novidade do Corinthians, além do esquema tático, pode ser a estréia do meia Elias, ex-Ponte Preta, que está totalmente recuperado de uma fratura na costela, adquirida na primeira partida da semifinal do Paulistão (Ponte Preta 1 x 0 Guaratinguetá). "Eu conversei com o Elias, e ainda terei uma conversa com o Lulinha, para ver o que faço."Como Douglas volta à equipe, sobraria apenas uma vaga a ser preenchida, que deverá ficar com Lulinha, deixando a estréia de Elias apenas para o decorrer da partida. Com nove pontos, o Corinthians é o líder da Série B, com 100% de aproveitamento. Curiosamente, o adversário deste sábado é o segundo colocado, o Fortaleza, que possui sete. Os dois se enfrentam na Copa do Brasil deste ano, com duas vitórias corintianas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.