Mano crê que Corinthians será mais cobrado em 2009

Para o técnico, a pressão será maior, já que a torcida vai querer títulos na elite paulista e brasileira

Marcel Rizzo, Agencia Estado

22 de outubro de 2008 | 12h44

A renovação de contrato de Mano Menezes está bem encaminhada, o acesso à Série A também e por isso o treinador já se sente à vontade para falar da próxima temporada. Para o técnico, a pressão em 2009 será maior, já que a torcida vai cobrar títulos na elite paulista e brasileira.Veja também:Lateral Alessandro volta a treinar no Corinthians Brasileirão Série B - Classificação Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão"O torcedor não vai ficar satisfeito em ficar entre os quatro do Estadual. Vai querer o título, e com razão", disse o treinador. "Este ano estávamos com o time em formação e acho que o torcedor entendeu isso no começo do ano". O Corinthians ocupou apenas a quinta colocação no Paulistão, ficando fora da fase semifinal e vendo o rival Palmeiras ser o campeão.A prioridade corintiana, porém, será a Copa do Brasil. O objetivo é estar na Libertadores em 2010, ano do centenário. E a competição nacional disputada no primeiro semestre é caminho bem mais fácil do que o Brasileirão. "O Corinthians vai voltar a ser cobrado sobre o que precisa ser cobrado, que é títulos. Este ano foi algo que tem que ficar na história, como um aprendizado importante, mas um clube desse tamanho precisa de títulos", afirmou Mano Menezes.Questionado se festejaria o acesso e o título da Série B caso ambos sejam confirmados, o técnico não desconversou. Alguns torcedores corintianos, e a própria organizada Gaviões da Fiel, prometem não festejar. "Estou disputando a Série B e vou comemorar".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansMano Menezes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.