JF Diório/AE
JF Diório/AE

Mano critica Fluminense por demissão de Parreira

Em entrevista, técnico do Corinthians afirma que a equipe do Rio de Janeiro irá sofrer ainda mais

14 de julho de 2009 | 11h22

O técnico do Corinthians, Mano Menezes, acredita que o Fluminense cometeu um erro ao demitir na segunda-feira seu colega de profissão Carlos Alberto Parreira. Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, ele afirmou que a equipe do Rio de Janeiro vai sofrer ainda mais.

Veja também:

linkAndré Santos revela ida de Otacílio Neto para o Barueri

linkFluminense decide dar chance para Vinícius Eutrópio

linkNa busca por apoio, Corinthians inicia reforma de seu CT

linkCorinthians sofre com jejum de vitórias como visitante

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"O Parreira é uma das poucas pessoas que tem capacidade de fazer a reformulação de que o Fluminense precisa. Ele é uma referência no futebol mundial e com certeza a saída dele vaia atrasar o processo no time", declarou.

Na entrevista, Mano também comentou a atual situação do Corinthians, que saiu da Série B do Brasileirão em 2008 para conquistar nesta temporada o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil, que garantiu à equipe uma vaga na Libertadores de 2010.

"Não tem preço ver a alegria do torcedor. Quando cheguei aqui (em dezembro de 2007) o clima estava muito pesado, o time tinha acabado de cair de divisão, houve até um protesto na apresentação do grupo", relembrou.

Mano falou ainda sobre a situação de Ronaldo, que se recuperou no Corinthians e já levantou duas taças com a camisa alvinegra. "Ele convence pela produtividade. Todos sabem que se chegarem três bolas, uma ele vai fazer o gol. É o mais preparado para os momentos decisivos", assinalou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.