Mano destaca força do Bragantino e elogia o meia Douglas

Treinador diz que equipe teve que jogar muito bem para sair com a vitória na noite desta quarta-feira

Redação,

25 de setembro de 2008 | 00h51

Após a vitória na noite desta quarta-feira por 2 a 0 no Pacaembu, o técnico do Corinthians, Mano Menezes, fez questão de elogiar o Bragantino, adversário que vinha de seis triunfos consecutivos na competição.Veja também: Corinthians vence e abre 13 pontos para o vice-líder Brasileirão Série B - Classificação Brasileirão Série B - Resultado / Calendário Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão"Eles valorizaram muito a nossa vitória. Estavam sempre atentos para aproveitar as chances", declarou o treinador. "Foi necessário que jogássemos muito bem para ganhar, o Bragantino vem fazendo uma grande campanha", continuou.Mano também destacou a boa partida do meia Douglas, que deu os passes para os dois gols da equipe e foi considerado o melhor em campo. "Estou muito satisfeito, ele teve uma grande atuação".Para o comandante corintiano, é evidente a evolução do ex-jogador do São Caetano. "O Douglas já fez mais gols do que fazia, entrou mais vezes na área, e cada vez vai fazer mais jogadas", assinalou. No entanto, Mano Menezes admitiu que costuma cobrar muito do atleta."Eu costumo cobrar mais de quem eu espero mais. O importante é saber que a cobrança é para melhorarmos. Ele sabe disso e temos uma relação muito boa".Após a partida, o meia corintiano também falou sobre o assunto. "Eu fico tranqüilo, sei que ele está cobrando porque eu tenho condições de render dentro de campo", declarou.ESTRÉIANa entrevista coletiva após o confronto, o técnico do Corinthians ainda elogiou o meia Cristian, que estreou nesta quarta diante do Bragantino. "Ele fez uma boa estréia, foi uma ótima opção de passe e marcação. Lógico que falta um tempo para ele se adaptar melhor, mas a estrutura do jogador e o momento da equipe abreviam este processo".Mano Menezes também destacou a participação de André Santos, que mais uma vez fez um golaço. "Ele tem uma média de gols muito alta para um lateral, eu estou muito satisfeito".Para o comandante, no momento certo ele será convocado para a seleção brasileira. "Não cabe a mim ficar colocando as questões para pressionar este ou aquele. Quando eles entenderam que for o momento certamente vão convocar o André Santos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.