JF Diório/AE
JF Diório/AE

Mano elogia a defesa do Corinthians e reclama do árbitro

Treinador afirma que Santo André é muito forte em casa e diz que gol de Dentinho foi mal anulado

Martín Fernandez, Agencia Estado

15 de março de 2009 | 21h22

SANTO ANDRÉ - Se o ataque falhou pela primeira vez no ano, a defesa pelo menos foi bem. Mano Menezes fez questão de elogiar sua zaga. "O Santo André jogou na sua casa, onde é muito forte. Nos últimos três jogos, eles fizeram 12 gols (na verdade foram 10) e não sofreram nenhum. Também não fomos tão mal assim", comentou o treinador.

Veja também:

linkCorinthians empata sem gols com o Santo André no ABC

tabela Campeonato Paulista - Tabela e resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Este time ganhou por 2 a 0 do São Paulo no Morumbi, é preciso lembrar disso". O capitão William também fez questão de defender sua equipe. "Não tomamos nenhum gol, viemos aqui e buscamos um ponto", comemorou o zagueiro.

O técnico só não gostou das três faltas próximas da área que o time cometeu nos minutos finais. "Nós é que deveríamos ter a bola naqueles momentos, e não eles", declarou Mano.

O Corinthians jogou com um homem a mais nos 15 minutos finais, por causa da expulsão do zagueiro Marcel. Mesmo assim, jogadores e comissão técnica reclamaram muito do árbitro Wilson Luiz Seneme. O juiz anulou um gol de Dentinho aos 9 minutos do segundo tempo, alegando que o atacante corintiano ajeitou a bola com a mão.

"Se o mesmo lance tivesse ocorrido com um zagueiro, eu duvido que ele daria pênalti", chiou Dentinho, usando as mesmas palavras que Mano usara momentos antes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.