Yuri Edmundo / Cruzeiro
Yuri Edmundo / Cruzeiro

Mano elogia equilíbrio do Cruzeiro para conseguir virada na Sul-Americana

Time celeste venceu o Nacional do Paraguai por 2 a 1 no Mineirão

Estadao Conteudo

05 de abril de 2017 | 10h18

O resultado foi magro, mas o técnico Mano Menezes enxergou aspectos positivos na vitória do Cruzeiro por 2 a 1 sobre o paraguaio Nacional, na noite de terça-feira, no Mineirão, na estreia da equipe pela Copa Sul-Americana. E a principal virtude exaltada pelo jogador foi a manutenção do equilíbrio da equipe mesmo após ser vazada no primeiro ataque do time visitante, exibindo força para conquistar a virada.

"Você é experimentado em uma competição como essa. E, na primeira bola erguida na área, sofremos o gol. É neste momento em que você é testado em relação à organização da equipe. Dizem que gol muito cedo desestabiliza. Mas, o Cruzeiro não se desestabilizou, manteve a organização e foi buscar a vitória da maneira como deveria. Isso me deixa contente", afirmou.

O triunfo deixa o Cruzeiro com a vantagem de precisar de um empate em 10 de maio, em Assunção, para se garantir na segunda fase da Copa Sul-Americana. Mano assegurou, porém, que a sua equipe não pensará apenas em se defender no Paraguai. Além disso, espera ver seus jogadores mais habituados às exigências desse tipo de confronto.

"A vantagem é magra e nós não iremos para o segundo jogo pensando nela. Ela pode ser significativa na reta final de um jogo. Mas, vamos com a ambição de buscar a vitória, como tem que ser, como sempre norteamos nossos objetivos a cada jogo. Certamente, nossos jogadores estarão mais habituados à competição na segunda partida, em relação a critérios de arbitragem, que são diferentes. Mas, não adianta só falar. Quando entramos em campo e se sente os contatos físicos, o aprendizado é maior e estaremos melhores nesse aspecto", disse.

Após o duelo, o Cruzeiro volta as suas atenções para o Campeonato Mineiro. Já assegurado nas semifinais e com a segunda posição garantida, o time volta a jogar no próximo domingo, às 11 horas, diante do Democrata de Governador Valadares, pela rodada final da primeira fase.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.