Mano elogia Robinho e exalta fim de tabu contra atacante

Após oito derrotas e um empate jogando contra o atacante do Santos, time supera a equipe da Vila Belmiro por 1 a 0 

Raphael Ramos, O Estado de S. Paulo

11 de agosto de 2014 | 08h05

O Corinthians venceu Robinho pela primeira vez neste domingo. Após oito derrotas e um empate em jogos diante do Santos quando o jogador estava em campo, o time de Mano Menezes finalmente encerrou esse tabu ao fazer 1 a 0 em plena Vila Belmiro, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro. E o treinador fez questão de celebrar a quebra da marca.

"Caiu mais um tabu, não existe mais. Todos caem. É importante para o torcedor e para a gente, né?", comentou, antes de elogiar o rival. "Temos de aceitar que o nível desses jogadores é acima dos demais, eles não construíram essa trajetória à toa. Mesmo não estando em suas melhores condições, você vê que ele deu bastante trabalho."

Apesar da derrota, Robinho foi um dos destaques da partida, em sua reestreia pelo Santos. O atacante, contratado durante a semana, se movimentou bastante e foi o protagonista daquela que talvez tenha sido a melhor chance santista, no segundo tempo, quando aproveitou erro de Guilherme Andrade e chutou para fora. Tudo isso com poucos dias de clube e sentindo claramente a falta de ritmo.

"É difícil jogar contra grandes jogadores, ele é um jogador de um repertório imenso, você marca de um jeito, ele saiu de outro, você marca do outro e ele aparece com uma terceira opção. Tem de ter paciência, muito posicionamento de equipe, só é possível vencer jogos assim com posicionamento de equipe, individualmente não dá. Ganhamos como equipe, isso me deixa feliz", analisou Mano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansMano Menezes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.