Alexandre Vidal/Divulgação
Alexandre Vidal/Divulgação

Mano exalta 'sacrifício' de Elias após Flamengo avançar

Volante era dúvida em razão de um desconforto muscular na perna esquerda, mas entrou em campo e foi decisivo

AE, Agência Estado

29 de agosto de 2013 | 08h58

RIO - O técnico Mano Menezes destacou a atitude de superação do Flamengo para conquistar a classificação às quartas de final da Copa do Brasil na noite de quarta-feira, no Maracanã, com a vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro. E o treinador citou especificamente o exemplo do meia Elias, que era dúvida em razão de um desconforto muscular na perna esquerda, mas entrou em campo e foi decisivo ao marcar o único gol da partida.

"De tarde, a situação do Elias ainda estava aberta. A decisão ficou para o último aquecimento, pois era uma questão pessoal. Tem jogador que chega no momento final e não se sente preparado para encarar o jogo pelo fato de não estar 100%. O Elias não estava 100%, mas sua atitude de querer jogar foi importante para a equipe. Todos cresceram com isso, já que um companheiro nosso estava dando o máximo pelo time", exaltou Mano.

Nas quartas de final da Copa do Brasil, o Flamengo terá pela frente o Botafogo. Mano apostou em mais um confronto emocionante, se lembrou do empate no duelo do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, mas avaliou que o time vai entrar em campo mais confiante após eliminar a equipe mineira.

"Os dois confrontos contra o Botafogo serão do mesmo nível dos que tivemos contra o Cruzeiro. O time deles joga muito bem. Já os enfrentamos pelo Brasileirão e fizemos um jogo de tempos distintos em que saímos com o placar igual (1 a 1). O certo é que, independentemente do adversário, nós estaremos mais fortes e mais confiantes", afirmou.

Embalado pela classificação, o Flamengo volta a entrar em campo no próximo domingo, quando vai enfrentar o Corinthians, no Estádio do Pacaembu, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.