Vinnicius Silva / Ec Cruzeiro
Vinnicius Silva / Ec Cruzeiro

Mano indica volta de Sassá após seis meses afastado: 'Com dente de ouro e tudo'

Treinador cruzeirense vai poupar jogadores; Fábio, Edilson e Rafael Sóbis também não foram relacionados

Estadao Conteudo

09 Março 2018 | 19h46

O técnico Mano Menezes informou nesta sexta-feira que poupará os jogadores que estiverem pendurados com dois cartões amarelos e indicou que relacionará o atacante Sassá para o duelo do Cruzeiro contra o Patrocinense neste domingo, fora de casa, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro.

+ Confira a classificação do Campeonato Mineiro

Com isso, o goleiro Fábio, o lateral-direito Edilson e o atacante Rafael Sóbis não estarão entre os relacionados. Sassá poderá voltar a entrar em campo pelo Cruzeiro após seis meses - em setembro do ano passado ele sofreu uma grave lesão no joelho direito e precisou passar por cirurgia.

"Se tudo terminar bem até amanhã (sábado), (Sassá) vai ser relacionado para o jogo. Com dente de ouro e tudo", brincou Mano. O treinador brincou com o fato de o atacante ter colocado durante a semana dois dentes de ouro.

No treino da tarde desta sexta-feira Mano também confirmou que manterá o lateral-direito Ezequiel na equipe. O jogador voltou a defender o Cruzeiro na última rodada após se recuperar de cirurgia para retirada de uma hérnia.

Outro que deve seguir na equipe é o zagueiro Dedé. Mano, no entanto, preferiu ser cauteloso com a sequência de jogos do atleta, que ficou nove meses fora de atividade por conta de uma cirurgia no joelho esquerdo. Se for a campo, será a terceira partida em seguida do zagueiro.

"Temos tomado todos os cuidados. Ele também segurou a ansiedade. Foi possível conduzir com mais tranquilidade, porque a equipe vinha bem. Ele fez dois jogos, está bem, e a gente quer que isso continue daqui para a frente, de forma ininterrupta", afirmou o treinador.

O Cruzeiro já garantiu a liderança da primeira fase com 28 pontos, oito à frente do América-MG, o segundo colocado. Na rodada final, o time celeste aguarda pela definição do oitavo colocado, para saber com quem jogará nas quartas de final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.