Rafael Ribeiro / Lightpress / Cruzeiro
Rafael Ribeiro / Lightpress / Cruzeiro

Mano lamenta 'atuação abaixo do nível' do Cruzeiro em derrota para o Flamengo

Para o técnico do time celeste, derrota foi merecida

Estadão Conteúdo

09 Novembro 2017 | 11h02

O técnico Mano Menezes analisou de maneira bastante sincera o desempenho do Cruzeiro na derrota por 2 a 0 para o Flamengo, na noite desta quarta-feira, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador reconheceu que os seus comandados tiveram uma atuação ruim em todos os aspectos e que a equipe carioca mereceu com sobras o triunfo nesta partida que marcou o reencontro entre os dois últimos finalistas da Copa do Brasil, faturada pelo clube mineiro.

+ Após três meses, Ariel Cabral volta aos treinamentos no Cruzeiro

+ Campeonato Mineiro muda formato e terá quartas de final em 2018

"Eu acho que não merecemos outro resultado que não fosse a derrota. Se não me engano, não chutamos uma bola direto no gol, chutamos uma com Thiago Neves no segundo tempo, que mal chegou no gol. Isso é uma dificuldade. Nada funcionou bem, aí para chegar no gol é algo diferente do que a gente faz. Até coloquei o Jonata para tentar fazer algo com bola parada, porque com a bola rolando, estava muito difícil. Tivemos dificuldade por mérito do Flamengo, que não deixou a gente criar, mas muito também por uma atuação abaixo do nível que a gente poderia fazer", afirmou o comandante, em entrevista coletiva.

Mano também não escondeu a decepção com a queda de rendimento do time cruzeirense após ter iniciado bem este returno do Brasileirão, no qual agora está com 51 pontos na sexta colocação. "Não podemos jogar tão abaixo como jogamos hoje. A última imagem é a que fica no campeonato. O Flamengo criou bem pelos lados, teve movimentações inteligentes e não conseguimos encaixar. Estou falando de outras coisas importantes. A camisa do Cruzeiro é muito importante, todo mundo coloca isso em campo quando vai jogar. Esse campeonato exige uma entrega grande", ressaltou.

Em seguida, o técnico celeste lamentou o fato de que nesta quarta-feira o Cruzeiro cometeu "muitos erros", de "passe e de tomada de decisão", em opinião que também foi compartilhada pelo volante e capitão Henrique. "Hoje (quarta-feira) erramos muito. Erramos coisas que não estamos acostumados a errar, muitos passes errados, saídas de bola. Demos muitas chances para o adversário que tem um time qualificado, por isso saímos com a derrota", afirmou o atleta, que levou o terceiro cartão amarelo nesta quarta-feira e se tornou desfalque para o jogo contra o Fluminense, domingo, às 19 horas, no Mineirão, pela 34ª rodada da competição nacional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.