Bruno Haddad / Cruzeiro
Bruno Haddad / Cruzeiro

Mano lamenta queda de rendimento do Cruzeiro em 2º tempo, mas valoriza empate

Técnico elogia jogadores pela raça demonstrada em empate na Arena Grêmio

Estadão Conteúdo

23 Agosto 2018 | 09h50

O técnico Mano Menezes lamentou a queda de rendimento apresentada pelo time do Cruzeiro no segundo tempo do jogo no qual a equipe empatou por 1 a 1 com o Grêmio, na noite de quarta-feira, em Porto Alegre, mas o treinador valorizou o ponto somado fora de casa no confronto válido pela primeira rodada do segundo turno do Campeonato Brasileiro.

No duelo na Arena Grêmio, a equipe cruzeirense abriu o placar com um golaço de Bruno Silva aos 44 minutos da etapa inicial, mas sofreu o empate aos 15 do segundo e só não saiu da capital gaúcha derrotado porque o goleiro Fábio agarrou um pênalti cobrado por Luan aos 37.

"Achei que foi um jogo duríssimo, como esperávamos. Fizemos um primeiro tempo, a meu ver, bem jogado. Um jogo muito igual, tendo sempre oportunidade de saídas, construção de jogadas na frente. Fizemos 1 a 0 e era de se esperar que o Grêmio, logicamente, viesse para nos pressionar mais (no segundo tempo)", analisou o comandante do Cruzeiro, em entrevista coletiva.

Em seguida, o treinador admitiu que faltou maior posse de bola ao seu time, mas ao mesmo tempo ele elogiou a raça exibida pelos seus jogadores dentro de campo. "Embora tenha tido bastante volume, o Grêmio concluiu duas ou três vezes, uma delas o gol, a outra o pênalti que Fábio defendeu. Mas, não conseguimos ter a mesma qualidade de saída (da defesa para o ataque), não conseguimos segurar a bola como fizemos no primeiro tempo. Mas, a equipe se doou muito, se entregou", reforçou Mano.

O resultado obtido em Porto Alegre deixou o Cruzeiro com 27 pontos, na sétima posição do Brasileirão. A equipe ultrapassou o Corinthians, que tem 26 pontos e caiu para o oitavo lugar após ser derrotado por 1 a 0 pelo Fluminense, também na noite desta quarta-feira, no Maracanã.

O Cruzeiro voltará a jogar pela competição nacional neste sábado, quando receberá justamente o Fluminense, às 21 horas, no Mineirão, em Belo Horizonte, pela 21ª rodada. E poderá ser um duelo direto pela sétima colocação, pois a equipe carioca chegou aos 26 pontos com o triunfo sobre os corintianos no Rio de Janeiro. Duas horas mais cedo, em São Paulo, os corintianos atuam contra o lanterna Paraná.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.