Mano Menezes afirma que Corinthians nunca pode relaxar

Treinador diz que equipe paulista terá jogos difíceis pela frente na Série B do Campeonato Brasileiro

Redação,

26 de agosto de 2008 | 23h28

O técnico do Corinthians, Mano Menezes, alertou nesta terça-feira, após a goleada por 5 a 0 sobre o Gama no Pacaembu, que sua equipe não pode em nenhum momentos ter algum descuido durante a campanha na Série B do Campeonato Brasileiro.Veja também: Corinthians goleia o Gama e segue tranquilo na Série B"Nós temos ainda muitos jogos pela frente e sabemos que é preciso aproveitar ao máximo os bons momentos. As partidas são sempre difíceis e é preciso também reconhecer a qualidade dos adversários", assinalou.O treinador, que elogiou a atuação do meia Morais (pela primeira vez ele iniciou uma partida entre os titulares), também falou que é importante ter uma equipe equilibrada e um bom elenco. "Eu sou para o futebol um pouco tradicional e sei que sem isso não se ganha campeonato", assinalou.Para Mano, a atuação do Corinthians nesta terça foi boa. No entanto, ele lembrou que o time teve alguns vacilos. "Depois que fizemos 1 a 0 deixamos eles jogar mais do que nós, mas voltamos a jogar bem e por isso conseguimos o 5 a 0", disse o comandante, que deixou claro que continuará sempre cobrando seus atletas para tentar extrair deles o máximo.O técnico ainda fez comentários sobre a estréia do atacante Bebeto, que entrou no segundo tempo e fez o último gol da goleada. "Ele tem condição e caráter para jogar aqui e por isso eu defendi a contratação dele para a diretoria".O jogador, que com 30 anos não teve nenhuma passagem marcante em nenhum clube grande do futebol brasileiro, agradeceu a confiança de Mano Menezes."Fico feliz de ter recebido esta oportunidade, sou grato ao Mano e ao Corinthians, que confiou na palavra dele. Agora eu espero dar continuidade a este trabalho", declarou Bebeto, que dedicou o gol à esposa. "Ela sempre esteve comigo nos momentos difíceis, sempre me apoiou".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.