Alex Silva/AE
Alex Silva/AE

Mano Menezes agora quer tempo para entrosar jogadores

Técnico pede paciência aos corintianos e diz que time só vai adquirir entrosamento após sequencia de jogos

estadao.com.br,

21 de janeiro de 2010 | 10h00

Mano Menezes gostou da vitória sobre o Bragantino por 2 a 1, no Pacaembu, partida que marcou a estreia do lateral-esquerdo Roberto Carlos. O treinador, no entanto, está ciente de que o time precisará de tempo para ganhar entrosamento. De acordo com o técnico, a torcida não pode pressionar os atletas neste início de temporada.

"Essa dificuldade [de entrosamento], a gente vem falando muito disso", afirma o treinador. "O Roberto Carlos fez uma boa estreia, mas o Ronaldo teve algumas dificuldades, normal de um primeiro jogo. Poderíamos ter feito um trabalho melhor para 90 minutos. Por exemplo, poderíamos ter aproveitado melhor a vantagem do gol inicial."

Mano ainda não definiu os 11 titulares para a disputa da Libertadores. Alguns jogadores contratados ainda nem estrearam - é o caso de Danilo, que só deve jogar na próxima quarta-feira, diante do Mirassol. "Contra o Oeste, neste domingo, ele ainda não deve atuar. Quarta é mais certo", planeja Mano.

Roberto Carlos, que foi recepcionado com muitos aplausos pelos corintianos, também espera melhorar com o passar do tempo. "Assim que jogarmos mais, vamos nos conhecendo melhor, e melhorando o ritmo. Essa vitória foi boa porque nos dá mais confiança na parte física, técnica e tática. Isso passa tranquilidade."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.