Filipe Araújo/AE
Filipe Araújo/AE

Mano Menezes critica punição a Roberto Carlos

'Se vai ser mais rigoroso a partir deste ano, a situação do Roberto está inaugurando esta fase', ironiza o técnico

AE, Agencia Estado

09 de fevereiro de 2010 | 15h45

Mano Menezes não escondeu a insatisfação com a suspensão de dois jogos imposta ao lateral-esquerdo Roberto Carlos pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD/SP) na segunda-feira.

Veja também:

linkCorinthians apresenta Moacir, que quer encarar a Lusa

linkWilliam prega humildade em estreia da Libertadores

Nesta terça, o treinador do Corinthians considerou a decisão exagerada e cobrou o mesmo rigor do tribunal nos julgamentos dos demais clubes.

"A gente sempre procura estabelecer uma análise em cima da linha do tribunal. Traçando um paralelo com outros casos, foi um pouco forte demais", reclamou o técnico, que pediu penas semelhantes para os próximos julgamentos. "Se vai ser mais rigoroso a partir deste ano, a situação do Roberto está inaugurando esta fase", ironizou.

O lateral recebeu um gancho de dois jogos por causa da expulsão no clássico com o Palmeiras, no dia 31. Ele recebeu cartão vermelho logo aos 9 minutos de jogo após fazer falta violenta em Joãozinho.

Por causa da expulsão, Roberto Carlos cumpriu suspensão automática na partida seguinte, contra a Ponte Preta. Com a decisão do TJD, o lateral também ficará de fora do próximo jogo do Corinthians, neste sábado, contra a Portuguesa, no Canindé.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.