Mano Menezes deve escalar um time mais precavido na terça

Técnico corintiano reforçará a marcação para conseguir a vaga na Copa do Brasil contra o São Caetano

Agência Estado,

11 de maio de 2008 | 19h15

Depois da estréia com vitória no último sábado - 3 a 2 sobre o CRB, no Pacaembu -, o Campeonato Brasileiro da Série B sai de cena momentaneamente no Corinthians. O foco agora é na Copa do Brasil. Afinal, na terça-feira, em Ribeirão Preto, o time corintiano faz o jogo de volta das quartas-de-final contra o São Caetano. Na ida, venceu por 2 a 1 no Morumbi, o que lhe dá a vantagem do empate. A principal mudança tática para o jogo de terça-feira será a presença de dois volantes. O técnico Mano Menezes ousou diante do CRB, ao escalar apenas Fabinho como marcador no meio-de-campo - os meias Eduardo Ramos, Douglas e Lulinha foram os outros escalados no setor. O Corinthians venceu a partida, mas sofreu alguns sustos do desentrosado time alagoano. "Vou estudar com calma o que farei para o jogo contra o São Caetano. Mas só aviso uma coisa para o Pintado: o Corinthians não é a Ponte Preta", afirmou Mano Menezes, numa referência à vitória do time do ABC paulista sobre a equipe de Campinas, também no sábado, pela Série B do Brasileiro. Inteligente, o treinador corintiano desvia o foco da decisão e relembra que o técnico do São Caetano na semana passada havia avisado que sua equipe não era o Goiás, que havia perdido por 4 a 0 para o Corinthians. Mano deu o troco em Pintado e avisou que sua equipe não será batida como a Ponte, que foi derrotada por 3 a 0. Mano foi calculista também em relação a Diogo Rincón. Como ele tem dores crônicas, não foi escalado no jogo de sábado, contra o CRB, para ser poupado. Fez a estréia do meia Douglas, que não atuará na terça-feira por já ter defendido justamente o São Caetano na Copa do Brasil. Agora, descansado, Diogo Rincón volta ao time, no lugar de Douglas. Outra mudança provável no time é a volta do volante Perdigão, que daria mais poder de marcação ao Corinthians. Ele jogaria ao lado de Fabinho no meio-de-campo, para a saída de Eduardo Ramos, outro que estreou com a camisa corintiana no último sábado. TRABALHOEnquanto os titulares tiveram um pouco de descanso, os jogadores reservas do Corinthians realizaram um jogo-treino neste domingo. Eles enfrentaram os juniores corintianos e venceram por 4 a 0, no Parque São Jorge. O time dos reservas começou com a seguinte formação: Julio César; Caju, Fábio Ferreira, Carlão e Evérton Ribeiro; Nilton, Perdigão, Marcel e Alessandro; Acosta e Finazzi. O zagueiro Renato, o lateral-esquerdo Saci e o atacante Lima também entraram em campo. E os gols foram marcados por Finazzi e Lima - dois cada um.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansCopa do BrasilMano Menezes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.