Mano Menezes diz que Brasileirão deve ser repensado

Reta final do Campeonato Brasileiro e os assuntos que dominam os bastidores são as posturas que os times adotarão, que podem prejudicar ou ajudar rivais. O técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, criticou duramente, nesta sexta-feira, o que tem ocorrido nas últimas rodadas e pediu mais respeito ao torcedor.

ANDRÉ RIGUE, Agência Estado

26 de novembro de 2010 | 12h59

"Certamente somos apaixonados e não gostamos de ver o futebol sendo tratado dessa maneira como ocorre nas últimas rodadas", declarou Mano durante o evento em que revelou os finalistas do prêmio Craque do Brasileirão 2010. "Temos de repensar algumas questões para evitar que isso ocorra de novo."

Mano descartou uma mudança na fórmula dos pontos corridos. "Acho que não é o caminho voltar para a fórmula antiga [com jogos eliminatórios]. Talvez tenhamos de direcionar os jogos de outras características, com clássicos na última rodada para que uma equipe que não tenha mais objetivos entre com interesse por causa da rivalidade", ressaltou.

Alguns jogadores do Corinthians reclamaram que o São Paulo teria facilitado a vida do Fluminense no confronto do último domingo. O time das Laranjeiras ainda jogará com o Palmeiras neste domingo, em Barueri. O time do Palestra Itália também não tem mais interesse no Brasileirão e deve colocar os reservas em campo.

O Corinthians, por sua vez, pegará o Vasco, que também não entrará 100% empenhado em buscar um resultado positivo, pois já não tem grandes objetivos na competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.