Jonne Roriz/AE
Jonne Roriz/AE

Mano Menezes evita lamentar empate, mas perde William

Zagueiro recebe o terceiro cartão amarelo e não pega o Mogi Mirim; Chicão, Dentinho e Defederico retornam

VÍTOR MARQUES, Agencia Estado

14 de fevereiro de 2010 | 09h17

Mano Menezes evitou lamentar o empate por 1 a 1 com a Portuguesa, ocorrido no último sábado, no Canindé, pelo Paulistão, e admitiu que o resultado acabou sendo bom para o Corinthians em razão das circunstâncias do confronto.

"Controlamos bem o jogo, mas precisei arriscar mais no segundo tempo e entramos com três atacantes. Acho que o resultado foi justo. Não saio daqui lamentando nossa atuação. Faltou um detalhe para vencermos a partida", afirmou o treinador, que culpou outros fatores pelo empate.

Um deles foi o horário da partida, que começou às 16 horas e foi disputada sob um calor muito forte. Mas ele ainda disse que a forte marcação também feita pela Lusa prejudicou seu time, principalmente no primeiro tempo, quando o lateral-esquerdo Fabrício conseguiu anular Jorge Henrique. "Ninguém consegue jogar em alto nível todo jogo, como o Jorge vem fazendo. Mas depois eu o mudei de lado e ele melhorou."

Mano não quis crucificar Felipe, que falhou feio no gol da Portuguesa. "Ele sabe que um goleiro como ele não pode levar um gol desse. Mas no intervalo do jogo eu lhe disse que tinha de levantar a cabeça."

Quem comemorou demais o resultado, até por ter participado do lance do gol, foi Souza, que entrou no lugar de Edno. Ele tocou de peito para Elias trombar com a zaga e marcar. "Fiquei muito feliz que o Mano pôde contar comigo. Eu tento dar sempre meu máximo, e mesmo assim ainda recebo muitas críticas. Mas estou trabalhando para reverter a situação."

Autor do gol, Elias, que neste sábado completou 100 jogos pelo Corinthians, achou que o time merecia sair de campo com a vitória. "Fomos bem no primeiro tempo, mas as falhas acontecem. Saímos de cabeça erguida."

Para a partida de quarta-feira contra o Mogi-Mirim, William será o desfalque. Ele tomou o terceiro cartão amarelo e terá de cumprir suspensão. Por outro lado, Mano Menezes poderá contar com Chicão, Dentinho e Defederico, recuperados de contusão. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.