Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Mano Menezes mantém Petros entre os titulares antes de julgamento

Treinador comanda um coletivo e define equipe para confronto com o Bahia, no sábado, com meia mantido entre os 11 que vêm atuando

Vítor Marques, O Estado de S. Paulo

14 de agosto de 2014 | 18h21

O técnico Mano Menezes comandou um treino coletivo na tarde desta quinta-feira e confirmou a equipe do Corinthians que enfrenta o Bahia, sábado à noite, no Itaquerão, pelo Brasileirão. Petros, denunciado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por agressão ao árbitro Raphael Claus, treinou entre os titulares.

Também nesta quinta-feira, o STJD confirmou que o julgamento de Petros será realizado na segunda-feira, às 17 horas, no Rio de Janeiro. Ele pode ser suspenso por no mínimo 180 dias porque foi denunciado no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Se for punido, Petros poderá fazer seu último jogo da temporada contra o Bahia. O Corinthians já decidiu que irá tentar desqualificar esse artigo para que seu jogador seja julgado com base em outro artigo que prevê penas mais leves.

"Acredito que o Petros vá jogar sábado. Nós precisamos dele. Contamos com ele", disse o goleiro Cássio em entrevista coletiva. "Depois deixamos as coisas para o nosso departamento jurídico."

O treino também confirmou o retorno de Fagner à lateral-direita. Mano Menezes escalou a equipe com a seguinte formação: Cássio; Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias, Petros e Jadson; Romero e Guerrero.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansbrasileirãopetros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.