Light Press/Juliana Flister
Light Press/Juliana Flister

Mano Menezes minimiza desfalques e enaltece força do elenco do Cruzeiro

Henrique, Robinho, Caicedo e Arrascaeta estão fora do duelo contra o Uberlândia

O Estado de S.Paulo

24 de março de 2017 | 15h42

O Cruzeiro terá quatro importantes desfalques para o duelo contra o Uberlândia, na segunda-feira, no Parque do Sábia, pela nona rodada do Campeonato Mineiro. Ainda assim, em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, o técnico Mano Menezes minimizou as ausências, comemorou o fato de poder rodar o elenco e enalteceu a qualidade de seus reservas.

Estão fora do duelo de segunda o volante Henrique e o meia Robinho, lesionados, além do equatoriano Caicedo e do uruguaio Arrascaeta, convocados para suas respectivas seleções. "Preocupa na proporção que deve preocupar, porque não gostamos de perder ninguém nessa hora. Estamos bem na recuperação deles. Logo estarão de volta."

Na avaliação de Mano, os desfalques são uma oportunidade para rodar o elenco. "Também serve para outros jogadores mostrarem suas qualidades. Rodamos bastante a equipe, dentro da proporção que deve acontecer, no meu entendimento, porque era importante a gente iniciar a temporada bem. Conseguimos iniciar bem e agora é seguir administrando dificuldades", avaliou o treinador, que aproveitou para comentar sobre o desafio de lidar com o calendário do futebol nacional.

"O calendário brasileiro é repleto de jogos, mas ele está definido sempre. Nós é que devemos nos comportar com esse calendário, não adianta ficar reclamando, faz parte da nossa vida. Temos que entender como funciona uma temporada grande e, acho que temos experiência e capacidade para isso", acrescentou.

Mano tratou, ainda, sobre a escalação para o jogo de segunda. Hudson pode ficar com a vaga de Henrique, enquanto Ramón Ábila deve entrar no ataque, deslocando Rafael Sóbis para a armação, conforme apontou o treino desta sexta-feira. Mas o treinador garantiu que só definirá a escalação nos próximos dias.

"Tenho usado o Hudson para substituir o Henrique, vamos treinar com ele e levar em consideração também o Lucas Silva, que pode fazer a função, e tomar a decisão. O que muda um pouco é o substituto de Robinho", avaliou. "Vamos ver como vai encaixar, vou trabalhar a parte ofensiva, com a participação dos volantes e dos laterais. No sábado ou no domingo definiremos."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.