Mano Menezes quebra cabeça para formar time do Corinthians

Técnico não sabe dizer qual será o esquema pela falta de jogadores para o meio; Acosta pode ser referência

Milton Pazzi Jr., estadao.com.br

04 de janeiro de 2008 | 10h26

Com a contratação de nove jogadores e a liberação de outros 15, o Corinthians terá um novo time em campo nesta temporada 2008. Desde que assumiu o comando, o técnico Mano Menezes já quebra a cabeça para definir quais serão os jogadores e o esquema tático que será utilizado na estréia no Paulistão contra o Guarani, dia 17, em São Paulo - ainda sem estádio definido.Veja também: Assista - Corinthians volta aos treinos, com reforços e críticas a Fábio FerreiraPor ter a dificuldade para conseguir a contratação de um volante com característica de sair jogando - a prioridade no momento - e um meio-campista armador que jogue mais aberto, Mano diz que ainda vai estudar o que fazer. "O time ainda não tem forma definida, vamos ver nestes dias de treino como vamos montar. Para o meio imagino que precisamos de um atleta de organização e um de criação, o que ainda não temos", diz.Outro motivo para a indefinição é o tempo reduzido até o primeiro jogo no ano, só 13 dias. Ele imagina que terá problemas no começo. "Hoje não se faz mais pré-temporada. É um tempo muito curto. Por isso, vamos treinar com bola sempre, inclusive no aquecimento os jogadores. Com esse tempo curto, fica prejudicada a preparação tática, teremos prejuízo em relação aos adversários, mas vamos trabalhar para compensar isso".ACOSTA PODE SER A ESTRELAA dificuldade em formar taticamente um time pela falta de tempo pode ser compensada com o talento individual dos jogadores. Assim, a equipe pode passar a ter uma referência, um jogador como alvo para sempre receber a bola. E, neste momento, essa referência pode ser o uruguaio Acosta. "O Acosta é um jogador que atua pelo meio, mais de frente para o gol, que chega na área para finalizar. Futebol é benefício. Se corresponder, marcar muitos gols, a equipe pode sim jogar em função dele.FORMA FÍSICASobre a situação dos 24 jogadores que se apresentaram nesta quinta, Mano Menezes evitou avaliar as condições físicas e diz não se preocupar com quem estiver acima do peso. "Ainda precisamos avaliar um pouco mais os jogadores, porque nem todos fizeram a medição de gordura. É natural que uns se excedam um pouco mais, mas vão pagar por isso com mais esforço nos treinos."PROGRAMAÇÃO E NOVIDADESO time, após os dois treinos desta sexta-feira, viaja à noite para Itu, onde ficará concentrado, até a véspera do jogo contra o Guarani. As novidades do dia no Parque São Jorge são a apresentação do zagueiro William, vindo do Grêmio, e a chegada de Finazzi. O meio-campista Marcel deve ter sua contratação oficializada ainda neste dia.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansAcostaMano Menezes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.