Mano Menezes quer tempo para entrosar o Corinthians

Técnico será julgado pelo TJD por ter xingado o árbitro no jogo contra o Ituano e pode ser suspenso

Redação,

18 de fevereiro de 2008 | 10h02

O técnico Mano Menezes não ficou satisfeito com o novo tropeço do Corinthians dentro do Campeonato Paulista. No domingo, no jogo de número cinco mil na história do clube, o time não passou de um empate diante do Bragantino, no Morumbi - foi a quinta igualdade no campeonato em nove jogos. Veja também: Classificação Calendário e resultados Em dia histórico, Corinthians só empata com o Bragantino Gols perdidos custaram a vitória, dizem corintianos  "Foi um resultado frustrante", conta o treinador. "A equipe quer chegar entre os quatro primeiros dentro do campeonato, não podemos perder pontos, apesar de sabermos que ainda teremos um bom percurso pela frente." Nesta segunda-feira, Mano será julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação Paulista de Futebol (FPF) por ter ofendido o árbitro Flávio Rodrigo Guerra na partida entre Corinthians e Ituano, no último dia 10, que terminou com vitória corintiana por 2 a 1. Mano foi denunciado com base no artigo 188 do Código de Justiça Desportiva e pode pegar uma punição de 30 a 180 dias - se for a pena máxima, ele ficará de fora do Campeonato Paulista. Ainda nesta segunda-feira, o Corinthians deve apresentar o meia-atacante Diogo Rincón, que chega para resolver um problema crítico no time. Mano reclama que não tem um homem criador, e ele espera que Diogo consiga se encaixar na função. O Corinthians volta a campo pelo Paulistão para enfrentar a Portuguesa, nesta quinta-feira, às 21h45, no Estádio do Morumbi, pela 10.ª rodada do campeonato.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansMano MenezesTJD

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.