Mano Menezes sai de julgamento apenas com uma multa

Tribunal pune o técnico do Corinthians por chamar árbitro de 'louco' com multa de R$ 5 mil

Redação,

18 de fevereiro de 2008 | 18h26

O técnico corintiano Mano Menezes saiu de julgamento no Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo, nesta segunda-feira, apenas com uma multa de R$ 5 mil por chamar o árbitro Flávio Rodrigues Guerra de louco por dar quatro minutos de acréscimo em partida contra o Ituano, no dia 10 de fevereiro.  Veja também: Diogo Rincón é apresentado no Corinthians cheio de confiança Mano foi punido por infração no Art. 155 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. A princípio, o treinador seria julgado por base no Art. 188 do CBJD, que poderia render até 180 dias de punição.  Com o resultado do julgamento, Mano poderá comandar normalmente a sua equipe nesta quarta-feira, quando o Corinthians enfrenta a Portuguesa, no Morumbi, às 21h45.

Tudo o que sabemos sobre:
Mano MenezesCorinthiansmulta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.