Wilton Júnior/AE
Wilton Júnior/AE

Mano Menezes surpreende e convoca Cássio e Arouca para a seleção

Técnico da seleção brasileira anuncia a lista para os amistosos contra África do Sul e China

O Estado de S.Paulo

23 de agosto de 2012 | 14h37

O técnico Mano Menezes divulgou nesta quinta-feira à tarde, em um hotel do Rio, uma lista de 22 convocados para os amistosos que a seleção brasileira fará contra África do Sul, no Morumbi, e contra a China, no Estádio Arruda, em Recife, respectivamente nos próximos dias 7 e 10 de setembro. O volante Arouca, do Santos, e o goleiro Cássio, do Corinthians, foram as duas principais novidades da convocação.

Na lista anunciada desta quinta, Mano incluiu dez jogadores que disputaram os Jogos Olímpicos de Londres e voltou a descartar o meia Paulo Henrique Ganso, que havia sido cortado logo após a Olimpíada do amistoso contra a Suécia, realizado no último dia 15, em Estocolmo.

Ao não chamar Ganso, o comandante deixou claro que hoje o atleta está fora dos seus planos, pois o meio-campista vem defendendo normalmente o Santos e se dizia em condições de enfrentar os suecos, tanto é que disputou uma partida pelo time santista no dia seguinte ao confronto realizado no país escandinavo.

Já o atacante Alexandre Pato, que disputou a Olimpíada e o amistoso diante da Suécia, acabou não sendo chamado por estar lesionado. No mais, Mano manteve Neymar, Hulk e Leandro Damião, que foram para os Jogos de Londres, e Jonas (Valencia), como atacantes chamados apenas para o amistoso na Suécia.

Entre as principais novidades, Cássio foi convocado pela primeira vez por Mano, sendo que o goleiro corintiano já havia sido chamado para a seleção principal em uma outra oportunidade, quando o time nacional era dirigido por Dunga.

Poucas horas antes da convocação desta quinta, o presidente da CBF, José Maria Marin, já havia adiantado que tinha conhecimento prévio dos nomes anunciados por Mano e disse ter gostado da lista. Além disso, o dirigente reiterou o apoio ao treinador, que voltou a ser alvo de várias críticas após a perda do ouro olímpico em Londres.

Essa foi a primeira convocação feita pelo comandante após a derrota para o México, na final da Olimpíada de Londres, no último dia 11, quatro dias antes de o Brasil derrotar a Suécia por 3 a 0 no amistoso realizado em Estocolmo.

Durante o início do torneio olímpico, o treinador já havia divulgado uma lista de convocados para este duelo diante dos suecos, para o qual levou todo grupo de atletas que disputaram os Jogos Olímpicos, exceto Ganso, cortado logo após a competição. Aos olímpicos o comandante ainda acrescentou os volantes Paulinho, do Corinthians, e Ramires, do Chelsea, o zagueiro Dedé, do Vasco, o lateral-direito Daniel Alves, do Barcelona, e o atacante Jonas, do Valência, naquela ocasião.

Antes da entrevista coletiva concedida por Mano Menezes, a CBF confirmou que a apresentação dos jogadores a Mano Menezes será feita na próxima segunda-feira.

Confira a lista de convocados para os amistosos contra África do Sul e China:

GOLEIROS

Diego Alves (Valencia)

Cássio (Corinthians)

Jefferson (Botafogo)

LATERAIS

Daniel Alves (Barcelona)

Marcelo (Real Madrid)

Alex Sandro (Porto)

Adriano (Barcelona)

ZAGUEIROS

Thiago Silva (PSG)

David Luiz (Chelsea)

Rever (Atlético-MG)

Dedé (Vasco)

VOLANTES

Sandro (Tottenham)

Paulinho (Corinthians)

Ramires (Chelsea)

Arouca (Santos)

Rômulo (Spartak)

MEIAS

Oscar (Chelsea)

Lucas (São Paulo)

ATACANTES

Leandro Damião (Internacional)

Neymar (Santos)

Hulk (Porto)

Jonas (Valencia)

Tudo o que sabemos sobre:
Seleção BrasileiraMano Menezes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.