Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

Mano minimiza derrota e diz que Cruzeiro 'não merecia perder' para o Flu

Treinador pede para que sequência de três jogos sem vitória não apague o trabalho que vem sendo realizado

O Estado de S.Paulo

23 de abril de 2018 | 10h48

Vindo de três jogos sem vitórias e sem gols, o técnico Mano Menezes preferiu minimizar a derrota do Cruzeiro para o Fluminense, no domingo, no Maracanã, na tentativa de evitar valorizar o momento ruim do clube na temporada. Na sua avaliação, o time mineiro merecia ao menos o empate nesta rodada do Brasileirão

+  Leia mais sobre o Cruzeiro

+ Tabela do Campeonato Brasileiro

"Não merecíamos perder. Estava conversando com o Abel [Braga] depois do jogo, e o Fluminense jogou por uma bola. Teve a felicidade numa bola erguida na área raspar em um jogador e entrar", disse, referindo-se à derrota por 1 a 0, no Maracanã - o Cruzeiro perdeu mesmo jogando com um jogador a mais durante a maior parte do duelo.

Para Mano, a derrota não deve servir para desvalorizar o trabalho que o time vem fazendo. "A gente precisa conviver com isso para chegar no vestiário e não destruir as coisas boas que fizemos até aqui. Vamos ter que superar nossas adversidades. Nossos problemas não são esses ou aqueles individualmente", declarou.

Na análise do técnico, as dificuldades do time estão no jogo coletivo. "Vamos cobrar coisas que o time precisa mostrar em campo, em jogos assim, que tem nos faltado. Essa é, realmente, a linha que temos que ter nessa hora para reencontrar o caminho das nossas vitórias, como vamos fazer na nossa casa, quinta-feira."

Ainda sem somar pontos no Brasileirão, o Cruzeiro volta a campo nesta quinta para enfrentar a Universidad do Chile, no Mineirão. O time mineiro, que também busca a primeira vitória na Copa Libertadores, precisa do triunfo para seguir com chances de classificação no Grupo E.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.