Divulgação|Cruzeiro
Divulgação|Cruzeiro

Mano prega cautela na Copa do Brasil após vitória do Volta Redonda sobre Vasco

Técnico admite preocupação com a estreia do Cruzeiro

Estadao Conteudo

14 de fevereiro de 2017 | 18h26

O técnico Mano Menezes admitiu preocupação com a estreia do Cruzeiro na Copa do Brasil. O time mineiro vai enfrentar nesta quarta-feira o Volta Redonda, responsável por uma das surpresas do fim de semana. O futuro rival do Cruzeiro derrotou o Vasco por 1 a 0, em rodada do Campeonato Carioca.

"Temos acompanhado o Volta Redonda, uma equipe que não perde há muito tempo no seu estádio, que fez uma excelente Série D ano passado e venceu o Vasco pelo Campeonato Carioca no último final de semana. Isso nos mostra e nos deixa claro a dificuldade que podemos enfrentar. Temos que nos preparar para ela e estamos trabalhando para isso", comentou Mano, nesta terça.

Além disso, preocupa o treinador cruzeirense o novo formato da Copa do Brasil. Nesta primeira fase, o confronto é definido em jogo único, na casa do time com pior ranking. E o visitante joga pelo empate.

"A alteração na Copa do Brasil foi significativa. Temos uma vantagem do empate, como visitante, mas a derrota nos tira da competição. Cria um caráter muito mais decisivo para a partida", alertou.

Em relação ao time, Mano confirmou que manterá a alternância na escalação da equipe, como vem fazendo no Campeonato Mineiro. "Estamos fazendo grupos de dois jogos para cada equipe, o que nos dá possibilidade para termos um melhor ritmo. Vai dando entrosamento. Fizemos um bom jogo em Juiz de Fora e vamos ter que fazer um bom jogo contra o Volta Redonda", comentou o treinador, referindo-se à goleada de 4 a 0 sobre o Tupi, no sábado, pelo Estadual.

A estreia do Cruzeiro na Copa do Brasil será as 21h45 desta quarta, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.