Mano promete um Corinthians mais ousado contra a Lusa

'Nesta segunda metade, quem não arriscar estará fora do grupo de classificação', explica o técnico

Fábio Hecico, O Estado de S. Paulo

19 de fevereiro de 2008 | 21h56

O técnico Mano Menezes está cansado de ver o Corinthians desperdiçar pontos. Para ele, empate já não é mais um bom resultado no Campeonato Paulista. Por isso, nesta quarta-feira, no jogo diante da Portuguesa, a partir das 21h45, no Morumbi, o comandante corintiano garante que mandará a campo um time mais ousado.Veja também: Corinthians não terá mais reforços para o Campeonato Paulista Com cartão bilhete único, Corinthians lança Fiel TorcedorApesar da promessa, Mano Menezes faz mistério e não confirma a escalação corintiana. "Se arriscarmos mal, deixaremos eles (a Portuguesa) mais perto dos três pontos. Mas está chegando a hora de se fazer isso", afirmou o treinador. "Nesta segunda metade de campeonato, quem não arriscar estará fora do grupo de classificação." O Corinthians está atualmente em 7º lugar no Paulistão, com 14 pontos, perto do grupo dos quatro primeiros colocados que avançam para as semifinais. Mas Mano Menezes não quer ver seu time empatar pela sexta vez no campeonato. Mano Menezes acredita que será muito difícil alcançar Ponte Preta (22 pontos) e Guaratinguetá (21), que são os dois primeiros colocados do Paulistão. Para ele, os confrontos contra Portuguesa, Ponte Preta, Palmeiras e Guaratinguetá decidirão o rumo corintiano no campeonato. "Contra adversário direto, mede-se se temos competência para tirar o lugar deles na classificação", explicou o treinador. A preocupação do treinador em levar o Corinthians ao grupo dos quatro melhores é tão grande que ele até brinca com a vontade de Acosta trocar a camisa 10 pela 25, a mesma com a qual se destacou no Náutico em 2007. "Se a troca der mais confiança para ele jogar e ajudar, não tem problema nenhum. Faço qualquer coisa para ele jogar mais", admitiu Mano Menezes.CorinthiansFelipe; Alessandro, William, Chicão e André Santos; Bruno Octávio, Fabinho, Lulinha e Marcel (Acosta ou Carlos Alberto); Dentinho e HerreraTécnico: Mano MenezesPortuguesaAndré Luiz; Osmar, Bruno Rodrigo, Marco Aurélio e Bruno Recife; Rai, Erick, Carlos Alberto e Preto; Rogério e ChristianTécnico: Vágner BenazziÁrbitro: Guilherme Cereta de LimaEstádio: MorumbiHorário: 21h45Rádio: Eldorado/ESPN 700AMTV: Pay-per-view O Corinthians não vence a Portuguesa desde o Campeonato Brasileiro de 2002. Na época, o time dirigido pelo técnico Carlos Alberto Parreira goleou por 5 a 2. Desde então, foram quatro jogos, com dois empates e duas derrotas corintianas. "Mais uma vez temos a oportunidade de tentar derrubar este tabu e não podemos desperdiçá-la", disse o volante Fabinho, que retorna ao time titular após ficar dois jogos se recuperando de lesão muscular. E ele volta confiante, pois costuma levar sorte contra o rival. "Na minha outra passagem aqui, fiz vários confrontos contra a Portuguesa e era difícil perder. Nosso time era muito forte."

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansPortuguesaPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.