Mauro Pimentel / AFP
Mauro Pimentel / AFP

Mano relaciona Edílson e Raniel e indica Cruzeiro completo para sábado

Equipe enfrenta o Fluminense, sábado, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro

Estadão Conteúdo

24 Agosto 2018 | 18h28

O técnico Mano Menezes não revelou a escalação, mas indicou que o Cruzeiro deverá ter força máxima para encarar o Fluminense neste sábado, no Mineirão. Precisando voltar a vencer no Campeonato Brasileiro, o comandante celeste relacionou Edílson e Raniel e deverá levar o que tem de melhor para o confronto válido pela 21.ª rodada.

Em meio às disputas da Libertadores e da Copa do Brasil, Mano tem escolhido o Brasileirão para poupar algumas peças. Edílson e Raniel, porém, vinham ficando de fora das partidas por causa de problemas físicos. Relacionados, eles deverão ser testados momentos antes do apito inicial para saber se podem jogar no sábado.

"Estão relacionados Edílson e Raniel, e aí vamos avaliar nas últimas horas a condição de aproveitamento. O Edílson com chances um pouco menores porque o trabalho de transição pode ser um pouco mais extenso. Mas o Raniel não. Ele já está com boas condições e vou decidir se inicio a partida com ele", declarou Mano nesta sexta-feira.

O treinador deve optar por levar o que tem de melhor a campo por causa do retrospecto recente ruim no Brasileirão. Afinal, o Cruzeiro não vence há seis partidas na competição e precisa do resultado positivo contra o Fluminense se não quiser se afastar ainda mais da zona de classificação para a Libertadores. "Independentemente de qualquer situação, vamos tentar voltar a vencer", avisou.

Mano também admitiu a preocupação com o estado físico dos jogadores para o duelo decisivo das oitavas de final da Libertadores contra o Flamengo, quarta-feira que vem, novamente no Mineirão, e por isso evitou confirmar o Cruzeiro com força máxima neste sábado. "Todas as partidas estão muito próximas, a impressão que a gente tem é que a última partida acabou de acontecer e nós já estamos aqui pensando no próximo."

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.