Washington Alves/ Light Press/ Cruzeiro
Washington Alves/ Light Press/ Cruzeiro

Mano vê empate justo e projeta estreia de Thiago Neves pelo Cruzeiro na quarta

Com time misto, equipe fica no 1 a 1 com a URT

Estadao Conteudo

19 Fevereiro 2017 | 10h54

O Cruzeiro tropeçou pela primeira vez no Campeonato Mineiro no último sábado ao ficar no empate por 1 a 1 com a URT, em Patos de Minas. Com um time misto, repleto de reservas, os visitantes saíram na frente com gol de pênalti de Ábila, mas recuaram e viram o rival empatar no segundo tempo. Por isso, Mano Menezes considerou justo o resultado.

"Se nós damos chutão, o adversário pegou a bola em uma jogada bem trabalhada por dentro, teve méritos, empatou o jogo e acho que é justo pelo que apresentaram as duas equipes. Faz parte, às vezes você não joga tão bem um jogo. Tem que ter maturidade, o campeonato é longo e vai se resolver lá no final. Quando chegar a hora de resolver, a gente tem que estar bem", declarou.

Mano criticou a falta de calma do Cruzeiro quando tinha a posse de bola. "Fizemos o gol de pênalti e aí, na minha opinião, cometemos a nossa maior falha. Nos omitimos de jogar durante dez minutos do jogo, ou muito próximo de dez minutos. Ficamos dando chutões na melhor hora de jogar, porque o espaço iria aparecer mais do que nunca."

Para resolver este problema, nada melhor do que um jogador habilidoso, que sabe o que faz com a bola. Por isso, Mano já projeta para esta quarta-feira a estreia do meia Thiago Neves, que teve a documentação liberada pela Fifa e depende apenas da regularização no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF para atuar.

Perguntado se Thiago reforçará o Cruzeiro diante do São Francisco-PA, no Mineirão, pela Copa do Brasil, Mano garantiu: "Vou colocar em campo o que tiver de melhor no momento e se tiver condições legais, ele vai iniciar o jogo".

Mais conteúdo sobre:
futebolCruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.