Bruno Haddad / Cruzeiro
Bruno Haddad / Cruzeiro

Manoel encarna o espírito da Série B pelo Cruzeiro: 'É brigar até o fim'

Equipe se recupera após derrota no Mineirão e abre sete pontos para a zona de rebaixamento para a série C

Redação, Estadão Conteúdo

03 de dezembro de 2020 | 00h40

O Cruzeiro venceu seu primeiro clássico em 2020 ao bater o América-MG, por 2 a 1, nesta quarta-feira, no Independência pela 25.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Mais uma vez o zagueiro Manoel marcou um gol e deixou o campo como o destaque do jogo. E revelou o seu segredo: "É correr o tempo todo, tem que brigar até o fim porque este é o espírito da Série B".

O experiente zagueiro reforçou que o Cruzeiro tem amplas condições de melhorar, mas trabalhando como quer o técnico Felipão, pensando jogo a jogo. "Mas temos que ter muita garra, muita disposição e deixar tudo em campo", completou.

A vitória reabilitou o Cruzeiro da derrota para o Confiança, por 2 a 1, e derrubou uma série de cinco jogos invictos do rival América-MG. Além disso, deu ao Cruzeiro uma posição, aparecendo agora em 15.º lugar com 31 pontos. A meta inicial da comissão técnica é atingir os 45 pontos e se livrar da ameaça de cair para a Série C.

O time abriu sete pontos de vantagem sobre o Náutico, primeiro clube na zona de rebaixamento, o que dá uma certa tranquilidade ao grupo de jogadores, e está dez atrás do Juventude, com 41 pontos, que abre a zona de acesso. Isso dá esperança aos cruzeirenses de ainda brigar pela volta à elite em 2021.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.