Wilton Júnior/Estadão
Wilton Júnior/Estadão

Manuel da Lupa afirma que Héverton tinha condições de jogo

De acordo com ex-presidente, jogador poderia participar do jogo diante do Grêmio, na última rodada

O Estado de S. Paulo

26 de janeiro de 2014 | 22h36

SÃO PAULO - Em nota oficial aberta à imprensa, divulgada na noite deste domingo, o ex-presidente da Associação Portuguesa de Desportos, Manuel da Lupa declarou que o "BID das Suspensões", site da CBF que informava a condição dos jogadores no campeonato, dava condições ao jogador Héverton para disputar a última rodada do Campeonato Brasileiro, diante do Grêmio.

De acordo com o Da Lupa, a  Portuguesa recebeu a comunicação de que o julgamento do atleta seria antecipado para o dia 06 de dezembro, sexta-feira, enquanto a publicação no site da CBF ocorreu somente no dia 09 de dezembro, às 18h45, quase 24 horas após a última rodada do Brasileirão.

Confira a íntegra da nota oficial de Manuel da Lupa:

O ex-Presidente da Diretoria Executiva da Associação Portuguesa de Desportos, Dr. Manuel da Lupa, vem esclarecer o seguinte :

 

A Portuguesa recebeu, em 03/12/2013, a comunicação de que o julgamento do atleta Héverton Duraes Coutinho Alves seria, excepcionalmente, em 06/12/2013 (sexta-feira). A publicação da decisão no site da CBF se deu em 09/12/2013, às 18h45 (segunda-feira).

 

A Portuguesa só recebeu a comunicação da decisão da suspensão do atleta Heverton em 10/12/2013 (terça-feira). O "BID das Suspensões", publicado no site da CBF, que começou a funcionar definitivamente em 01/09/2013, dava condição de jogo ao atleta Heverton para participar da partida contra o Grêmio/RS em 08/12/2013 (domingo).

 

A Diretoria da Portuguesa, cujo mandato expirou em 31/12/2013, se coloca a disposição do Ministério Público para quaisquer esclarecimentos, colocando tudo que for necessário à apuração da verdade.

 

Dr. Manuel da Conceição Ferreira

(Dr. Manuel da Lupa)

Tudo o que sabemos sobre:
portuguesafutebolstjdbrasileirao

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.