Manuel Pellegrini é o novo técnico do Manchester City

O Manchester City anunciou nesta sexta-feira que Manuel Pellegrini é novo técnico da equipe e vai substituir o demitido Roberto Mancini. O novo treinador do clube assinou um contrato válido por três temporadas e vai iniciar o seu trabalho no dia 24 de junho.

AE-AP, Agência Estado

14 de junho de 2013 | 12h49

"Estou muito contente em aceitar esta oportunidade extremamente emocionante. O clube tem uma visão clara para o sucesso dentro e fora do campo e estou empenhado em dar uma contribuição significativa", disse Pellegrini.

"Tudo está no lugar para o Manchester City continuar sendo bem sucedido, e estou animado pela possibilidade de trabalhar com uma equipe e direção tão talentosas, premiando os torcedores que são conhecidos pelo seu apoio constante", completou, ao site oficial do Manchester City.

O chileno, de 59 anos, teve o seu nome ligado ao clube inglês nos últimos meses e chega ao clube após bons trabalhos no futebol da Espanha, onde comandou o Villarreal, o Real Madrid e o Málaga, seu último clube, que conseguiu levar até as quartas de final da Liga dos Campeões da Europa na última temporada.

No Manchester City, a tarefa primordial de Pellegrini será recuperar o título do Campeonato Inglês, conquistado pelo rival Manchester United na última temporada. Mas ele vai ter melhorar o desempenho do clube na Liga dos Campeões - foi eliminado na fase de grupos nas duas últimas edições, apesar dos altos investimentos feitos pelo proprietários de Abu Dabi do time.

Chefe-executivo do clube, Ferrán Sorriano fez elogios ao novo técnico e apostou no seu êxito. "Manuel é um treinador muito experiente, com uma capacidade reconhecida para obter o máximo de seus jogadores e construir equipes coesas", afirmou.

Além dos bons trabalhos no futebol espanhol, Pellegrini também teve sucesso em clubes da América do Sul, tanto que conquistou títulos na Universidad Católica, na LDU, no San Lorenzo e no River Plate.

Agora, vai comandar um time que faz investimentos pesados para ter êxito no futebol, tanto que já contratou o meia-atacante Jesús Navas, que estava no Sevilla, e o volante brasileiro Fernandinho, que defendia o Shakhtar Donetsk.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.