Divulgação/ Gilvan de Souza
Divulgação/ Gilvan de Souza

Maracanã fecha acordo com cervejaria após liberação de venda

Copo de cerveja custará R$ 7 e já vale para jogo desta quarta

Estadão Conteúdo

21 de outubro de 2015 | 16h24

Horas antes da primeira partida no Maracanã após a liberação da venda de cerveja nos estádios do Rio, a Concessionária Maracanã anunciou, nesta quarta-feira, que fechou acordo com a cervejaria Heineken Brasil e que comercializará a bebida no jogo desta noite entre Fluminense e Palmeiras, pela Copa do Brasil.

A cerveja escolhida pela Heineken Brasil para ser vendida no Maracanã é a Amstel, uma cerveja do tipo lager. A escolha chama a atenção porque a Heineken Brasil possuiu marcas mais populares, como Sol, Kaiser e Bavaria, além da própria Heineken.

O acordo pontual vale para apenas para o jogo de logo mais entre Fluminense e Palmeiras. A bebida será vendida em copos de plástico nos bares e por ambulantes, e estará disponível em todos os setores do estádio desde a abertura dos portões até o apito final, ao custo de R$ 7,00.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMaracanãCopa do Brasilcerveja

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.