Henry Romero/Reuters
Maradona superou problema estomacal na virada de ano Henry Romero/Reuters

Maradona acerta com Gimnasia e voltará a trabalhar na Argentina após 24 anos

Equipe de La Plata é a lanterna do Campeonato Argentino com um ponto em cinco rodadas

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de setembro de 2019 | 20h25

Diego Maradona será o técnico do Gimnasia La Plata até o fim do Campeonato Argentino 2019-2020. O ex-jogador trabalhará em um clube de seu país pela primeira vez desde 1995. No exterior, ele trabalhou no Al Wasl e no Al Fujairah, dos Emirados Árabes, e no Dourados de Sinaloa, da Segunda Divisão do México.

Será a terceira passagem de Maradona, 58 anos, pelo futebol argentino como treinador de clube, depois de ter ficado à frente do Deportivo Mandiyú em 1994 e do Racing em 1995. Anos depois, de 2008 a 2010, ele dirigiu a seleção argentina. "Bem-vindo. Todos os cantos do clube mais bonito do mundo cumprimentam você", publicou o clube em sua conta Twitter. Maradona confirmou o acerto em uma postagem no Instagram. Ele assinou contrato por um ano.

O Lobo, como a equipe de La Plata também é conhecida, somou apenas um ponto nas cinco primeiras rodadas do Campeonato Argentino e segura a lanterna. A sequência de maus resultados, cujo capítulo mais recente aconteceu no último sábado, com a derrota para o Argentinos Juniors por 1 a 0, levou o antigo treinador, Darío Ortiz, a pedir demissão.

A estreia do ídolo argentino no Gimnasia deverá acontecer no próximo dia 15, justamente contra o Racing, em duelo pela sexta rodada da Superliga. O confronto acontecerá na casa do Lobo, o Estádio del Bosque. Também nesta quinta-feira, momentos depois da divulgação do acerto com o Gimnasia, Maradona foi declarado Hóspede de Honra da cidade de La Plata.

Encontrou algum erro? Entre em contato

10 momentos marcantes da vida de Diego Maradona

Argentino é o novo técnico do Gimnasia y Esgrima de La Plata

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de setembro de 2019 | 06h00

Diego Maradona, que na quinta-feira foi anunciado como novo técnico do Gimnasia y Esgrima de La Plata, voltará a trabalhar em um clube argentino depois de 24 anos. A conturbada vida de um dos maiores jogadores da história do futebol rendeu livros, documentários e filmes. O Estado relembra 10 momentos da vida de Maradona.

1 - PROFECIA INFANTIL

Aos 10 anos, Maradona foi convidado para um programa de televisão chamado Circular Saturdays por causa da sua habilidade com a bola nos pés. Na TV, Maradona disse: "Tenho dois sonhos. O primeiro é jogar uma Copa do Mundo. O segundo é ser campeão". Maradona conquistou a Copa do Mundo do México, em 1986, e também jogou os Mundiais Espanha-82, Itália-90 e Estados Unidos-94.

2 - A MÃO DE DEUS

No México, em 1986, a Argentina ganhou da Inglaterra por 2 a 1, com dois gols de Maradona. O primeiro, de mão, ele mesmo batizou de "A mão de Deus". O segundo, depois de driblar metade da equipe inglesa, é apontado como o mais bonito do Século 20.

3 - VÍCIO EM DROGAS

Maradona começou a usar cocaína em Barcelona, em 1982, quando jogava na equipe catalã. Em 1991, foi suspenso enquanto defendia o Napoli, da Itália. Seu momento mais crítico foi em 2000, devido a uma overdose. Em 2004, teve uma recaída e sofreu grave crise cardiorrespiratória. "No começo, a droga deixa você eufórico. É como ganhar um campeonato", revelou.

4 - DOPING

Maradona foi excluído da Copa do Mundo dos Estados Unidos, em 1994, após testar positivo para Efedrina. O argentino reclamou muito da decisão. "Cortaram as minhas pernas", disse à época.

5 - SANTO EM NAPÓLES

Maradona foi contratado pelo Napoli em 1984 e deu à equipe vários títulos, incluindo a Copa da Uefa, agora chamada de Liga Europa. Por causa do seu ótimo desempenho em campo, a torcida o apelidou de "San Genarmando", uma combinação de Armando com o santo favorito de Nápoles, Genaro.

6 - A IGREJA MARADONIANA

Diego Maradona é o único jogador de futebol que tem uma igreja em sua homenagem. A Igreja Maradoniana foi fundada na cidade argentina de Rosário em 30 de outubro de 1998, no mesmo dia em que o ex-jogador completou 38 anos. Desde então, a Igreja se expandiu para países como Espanha, Itália, Alemanha, Inglaterra, Peru, México, Uruguai e Estados Unidos e tem mais de um milhão de seguidores.

7 - SUA VIDA EXIBIDA EM CANNES

No último dia 20 de maio, foi exibido no Festival de Cannes (França) o documentário Diego Maradona, que trata de aspectos da sua vida como pobreza, sucesso, mulheres e drogas. Filmagens inéditas revelam momentos íntimos do lendário jogador.

8 - CARREIRA DE TREINADOR

O começo da carreira de Maradona como treiandor foi em em 1994, no clube Deportivo Mandiyú, de Corrientes, província argentina de onde veio de sua mãe, Dalma Salvadora Franco. Em 1995, ele dirigiu o Racing Club de Avellaneda. Depois, ainda passou por clubes como Al-Wasl e Al-Fujairah, dos Emirados Árabes Unidos, e o Dorados de Sinaloa, do México. Ele também teve uma experiência como treinador da seleção argentina entre 2008 e 2010.

9 - PROBLEMAS DE SAÚDE

Maradona sempre teve uma tendência a engordar. Em 2005, chegou a pesar 120 quilos, sendo que ele mede 1,66 m. O ex-jogador foi submetido a uma cirurgia gástrica. Ele sofre com dores nos joelhos há vários anos e colocou uma prótese no joelho esquerdo. Em 2012, foi operado com pedras nos rins.

10 - PAI DE 8 FILHOS

O ex-jogador argentino tem 8 filhos, 5 deles reconhecidos. Dalma e Gianina são filhos do seu casamento com Claudia Villafañe. Em Nápoles, nasceu Diego Maradona Sinagra, fruto do relacionamento com Cristina Synagra. De uma aventura com uma argentina que ele conheceu em uma academia, nasceu Jana. De seu relacionamento com Veronica Ojeda, ele teve Diego Jr. Recentemente, Maradona aceitou que durante suas duas viagens para Cuba nasceram mais três filhos, que ele prometeu reconhecer em breve.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.