Maradona agradece Fidel pela acolhida

O maior craque do futebol argentino, Diego Maradona, agradeceu o presidente Fidel Castro e o povo cubano pela amizade nos momentos difíceis de sua vida. O ex-jogador, que passou por recuperação tóxica no país, prometeu retribuir, cedendo aos cubanos os direitos autorais de seu livro, "Eu Sou Diego da Gente"

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.