Maradona agride jornalistas no Panamá

O ex-jogador Diego Armando Maradona agregou nesta quarta-feira à noite mais uma confusão em sua já atribulada biografia. O argentino está sendo acusado de agredir um fotógrafo e um jornalista do diário El Panamá América, durante um show do cantor colombiano Carlos Vives, realizado na noite desta quarta-feira na capital panamenha. Segundo o relato publicado na primeira página do jornal, nesta quinta-feira, Maradona ?se arremeteu furioso?, contra o jornalista Alex García e o fotógrafoRicardo Iturriága, ao final do show. O jogador teria agarrado o primeiro pelo pescoço e acertado um tapa no rosto do segundo. Iturriága contou que depois ao final do concerto, tratou de registrar a saída de Maradona e foi muito mal recebido pelo argentino. Acabou sendo empurrado por Maradona e seus guarda-costas. ?No meio da confusão, Maradona pressionou o meu rosto com um das mãos e, em tom de quem estava disposto a brigar, me perguntou: O que você quer? O que se passa contigo??, disse. Segundo o jornal, Maradona deixou o Centro de Convenções ATLAPA, a sudeste da capital, onde se realizou o concerto de Vives, "com uma descuidada cabeleira; banhado em suor e com uma imensa camisa que lhe tapava os joelhos.Uma calça que chegava aos tornozelos, sapatos sem meias, um brinco na orelha e um protuberante abdomen?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.