Maradona: Campinas vive expectativa

O ex-craque argentino Diego Armando Maradona pode realizar a segunda parte de seu tratamento para largar o vício das drogas numa clínica no Estado de São Paulo. A informação gerou expectativa em Campinas, onde o polêmico ex-jogador da Seleção Argentina poderia ficar em recuperação por, pelo menos, seis meses. A Instituição do Padre Haroldo Rham poderia ser escolhida. Ela possui uma fazenda em Campinas especializada no tratamento para dependentes químicos. A clínica é uma das mais importantes do País e sua eficácia reconhecida, inclusive, a nível internacional. Outro fator que seria decisivo para a vinda do argentino a Campinas seria a presença de seu amigo Careca, que mora na cidade. Os dois brilharam juntos no Nápoles, da Itália, no final da década de 80. Segundo a assessoria da clínica, embora exista esta possibilidade, tudo não passa ainda de mera especulação. Careca está no exterior e seu sócio, o ex-centroavante Edmar, também não sabe de nada. "Mas se o Maradona vier, vamos recebê-lo de braços abertos", comentou Edmar, atual presidente do Campinas, clube que disputa o Campeonato Paulista da Série B2. Maradona está se recuperando desde o dia nove de maio, na Clínica Del Parque, localizada a 30 quilômetros a oeste de Buenos Aires.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.