Maradona chama Messi e Samuel para seleção argentina

Lionel Messi será dirigido pela primeira vez por Diego Maradona no amistoso entre Argentina e França, no dia 11 de fevereiro, em Marselha. O astro do Barcelona foi convocado pelo treinador nesta terça-feira, assim como Walter Samuel, que foi chamado após dois anos fora da seleção argentina. A terceira novidade da lista de 20 jogadores que atuam fora da Argentina é o atacante Angel Di Maria, do Benfica. Messi não foi convocado para a estreia de Maradona no comando da seleção, em amistoso contra a Escócia, por conta de um acordo entre a Associação de Futebol Argentina (AFA) e o Barcelona, já que o clube catalão havia liberado o jogador para participar da Olimpíada de Pequim. Maradona está na Venezuela e deve completar a lista nos próximos dias com atletas que atuam no futebol argentino. A imprensa já dá como certa as convocações de JuanRomán Riquelme e Juan Sebastián Verón. Confira a relação de jogadores chamados nesta terça-feira por Maradona: Goleiros: Juan Pablo Carrizo (Lazio, Itália) e Sergio Romero (AZ Alkmaar, Holanda).Defensores: Javier Zanetti, Nicolás Burdisso, Walter Samuel (Inter de Milão, Itália), Martín Demichelis (Bayern de Munique, Alemanha), Gabriel Heinze (Real Madrid, Espanha), Daniel Díaz (Getafe, Espanha).Meio-campistas: Javier Mascherano (Liverpool, Inglaterra), Fernando Gago (Real Madrid), Maximiliano Rodríguez Atlético Madrid, Espanha), Jonás Gutiérrez (Newcastle, Inglaterra), Luis González (Porto, Portugal).Atacantes: Lionel Messi (Barcelona, Espanha), Sergio Agüero(Atlético de Madrid, España), Carlos Tévez (Manchester United, Inglaterra), Ezequiel Lavezzi e Germán Denis (Napoli, Itália), Lisandro López (Porto, Portugal) e Angel Di María (Benfica, Portugal).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.