Ezequiel Pontoriero/AP
Ezequiel Pontoriero/AP

Maradona define vitória como o 'milagre de São Palermo'

Atacante fez o gol que deu garantiu o 2 a 1 para a Argentina e manteve a seleção viva nas Eliminatórias

AE-AP, Agencia Estado

10 de outubro de 2009 | 23h35

O técnico Diego Maradona enfim pôde mostrar neste sábado a vibração que o caracterizou como jogador. Com a Argentina precisando da vitória em casa para seguir com boas chances de classificação à Copa do Mundo, o triunfo por 2 a 1 sobre o Peru só veio nos acréscimos, graças ao gol do veterano atacante Martín Palermo, uma aposta do treinador. Após comemorar o resultado dando até peixinho no gramado, Maradona o definiu como o "milagre de São Palermo".

Veja também:

linkJOGO - Leia como foi Argentina 2 X 1 Peru

linkCopa 2010: mais oito países estão classificados

especialMAPA - Os países que já garantiram vaga na Copa

Eliminatórias da Copa - tabela Classificação | lista Tabela 

especial ELIMINATÓRIAS - Mais no canal especial

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Embaixo de muita chuva no Estádio Monumental de Nuñez, Palermo recebeu passe em impedimento e marcou aos 47 minutos do segundo tempo, após entrar no início da etapa final. "Vá lá e coloque um fim nessa história, assim como já fez várias vezes", disse Maradona ao promover a entrada em campo do atacante de 35 anos. "O barba (Deus) deu uma volta pelo Monumental", brincou o ídolo argentino sobre a vitória "dramática".

Agora, a Argentina só depende de si para ficar com uma vaga direta na Copa. Basta vencer o Uruguai na próxima quarta-feira, fora de casa. "A esperança está intacta. Nós vamos jogar a vida no Uruguai", garantiu Maradona. "Vamos jogar em Montevidéu com todo o nosso orgulho." Com 25 pontos, a Argentina está em quarta nas Eliminatórias, um ponto à frente dos uruguaios, quintos colocados e atualmente se garantindo na repescagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.