Maradona diz que ouvirá 'oferta firme' de time inglês

Diego Maradona afirmou nesta segunda-feira que viajará em fevereiro para a Inglaterra para escutar uma "oferta firme" de uma equipe de futebol do país. Desempregado desde quando deixou o comando da seleção argentina após a Copa do Mundo de 2010, o ex-jogador agora estuda propostas de clubes para retomar a sua carreira na função de treinador.

AE-AP, Agência Estado

10 de janeiro de 2011 | 14h51

"Em fevereiro estarei na Inglaterra para escutar uma oferta firme. Se me convencerem, eu ficarei por lá", afirmou Maradona a jornalistas argentinos durante uma breve visita ao balneário uruguaio de Punta del Este.

O eterno ídolo argentino, porém, não revelou qual clube britânico lhe ofereceria uma proposta, mas a imprensa do seu país sinaliza que seria o modesto Fulham, que hoje ocupa a 14.ª posição do Campeonato Inglês.

Apesar de atualmente estar longe dos holofotes, Maradona afirmou que não tem pressa para definir o seu futuro. "Não me desespero, sei que algum dia voltarei a ser técnico de alguma equipe", reforçou.

Em seu último trabalho como técnico, Maradona conduziu a seleção argentina até as quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul, fase em que o time de Messi foi goleado por 4 a 0 pela Alemanha e deu adeus ao sonho do título.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMaradonaInglaterraproposta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.