Maradona diz que Tevez está sendo punido por Batista

Fora da seleção argentina desde o fim da Copa do Mundo, Diego Maradona voltou a dar palpites sobre o time nesta segunda-feira. O ídolo afirmou que o atacante Carlito Tevez, titular absoluto quando comandava a equipe, corre o risco de ser descartado para a Copa América por conta de uma punição injusta.

AE, Agência Estado

23 de maio de 2011 | 15h20

Para Maradona, Tevez não tem aparecido nas últimas convocações do atual técnico Sergio Batista por ter desistido do amistoso da Argentina com o Brasil, em novembro do ano passado, no Catar.

"Eles estão punido Tevez porque ele não apresentou nenhum exame ou opinião médica do Manchester City para o jogo contra o Brasil", disse Maradona. Tevez havia alegado uma lesão para ficar fora do amistoso, mas acabara entrando em campo pelo Manchester poucos dias depois. Desde então, o atacante não foi mais convocado pelo novo treinador da Argentina.

Um dos principais jogadores do time, Tevez encerrou o Campeonato Inglês na artilharia, ao lado de Berbatov, do Manchester United, ambos com 21 gols. "Você não pode duvidar de Tevez. Quem mais pode marcar tantos gols desta forma, com exceção de Batistuta? Tevez enfrenta orangotangos (zagueiros fortes) no Inglês e consegue superá-los. E ainda é o artilheiro. Por que puni-lo se é o preferido da torcida?", questionou Maradona.

Apesar das ausências de Tevez nas últimas listas da Argentina, Sergio Batista disse recentemente que não tem problemas pessoais com o atacante. Afirmou apenas que prefere Lionel Messi e Gonzalo Higuain. Por essa razão, o técnico admitiu que Tevez tem poucas chances de ser convocado para a Copa América, que será disputada na Argentina, em julho.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMaradonaTevez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.