Tatyana Zenkovich/EFE
Tatyana Zenkovich/EFE

Maradona é confirmado como técnico de time da 2ª divisão do México

Argentino vai treinar o Dorados de Sinaloa após passar como presidente pelo Dínamo Brest, da Bielo-Rússia

Estadão Conteúdo

06 Setembro 2018 | 19h08

Diego Maradona foi confirmado nesta quinta-feira como técnico do Dorados de Sinaloa, clube da segunda divisão do futebol mexicano. O argentino ocupará o lugar de Francisco Ramírez, demitido horas antes de sua confirmação.

Maradona apresentou um programa de futebol em um canal venezuelano durante a Copa do Mundo da Rússia e, pouco depois, foi oficializado como presidente do Dínamo Brest, da Bielo-Rússia. No entanto, depois de sua apresentação oficial, nunca mais voltou ao clube e atualmente se encontra em Buenos Aires.

O último trabalho de Maradona como treinador foi no ano passado no Al Fujairah, da segunda divisão dos Emirados Árabes. O Dorados pertence à empresa Grupo Caliente, do empresário e político mexicano Jorge Hank Rhon, que opera cassinos em todo o país. Rhon também é dono do Xolos de Tijuana, que está na primeira divisão.

O Dorados manda seus jogos na cidade de Culiacán, a capital do Estado de Sinaloa, uma região afetada pela violência ligada ao narcotráfico. A equipe esteve por três temporadas em seguida na elite, entre 2004 e 2006. Curiosamente, Pep Guardiola, hoje treinador do Manchester City, encerrou sua carreira como jogador no Dorados, em 2006.

A equipe chegou a voltar para a primeira divisão em 2015, mas depois caiu novamente. O Dorados ainda não informou quando será a apresentação de seu novo treinador. Maradona assumirá o time que atualmente ocupa a antepenúltima colocação na tabela da segunda divisão do campeonato nacional, com três pontos após seis partidas.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Maradona

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.