Henry Romero/ Reuters
Henry Romero/ Reuters

Maradona é internado para exames preventivos em La Plata, diz jornal

Atualmente técnico do Gimnasia La Plata, ex-jogador teria acordado com dor de estômago e se recusando a comer nesta segunda

Redação, Estadão Conteúdo

02 de novembro de 2020 | 20h31

Poucos dias após completar 60 anos, Maradona foi internado em um hospital de La Plata para passar por exames preventivos. Segundo a família, a razão é que o ex-jogador, que atualmente é técnico do Gimnasia La Plata, teria passado por um período intenso emocionalmente nos últimos dias. As informações são do jornal argentino Clarín.

Maradona apareceu em público pela última vez na sexta, dia de seu aniversário, na partida entre o Gimnasia e o Patronato pela Copa da Liga Profissional, que terminou com a vitória de sua equipe por 3 a 0. Apesar das diversas homenagens que lhe foram feitas, o técnico não demonstrou sua alegria habitual na beira do campo. Segundo o Clarín, no jogo também ficaram evidentes as dificuldades que ele tem para se movimentar devido a problemas no joelho.

Nesta segunda, Maradona teria acordado com dor no estômago e sem vontade de comer. Matías Morla, advogado do ex-jogador, e Leopoldo Luque, seu médico, tentaram convencê-lo a mudar de atitude, sem sucesso. Então, junto com a família, decidiram interná-lo para os exames.

Para o aniversário de 60 anos, Maradona se mobilizou com a intenção de reunir todos os seus filhos, feito que acabou não conseguindo realizar e o deixou abatido - apesar das diversas mensagens de carinho que recebeu dos descendentes e de outras pessoas ao redor do mundo.

Outra fonte de tristeza para Maradona teria sido a morte do cunhado, Raúl Machuca, vitimado pelo coronavírus aos 77 anos de idade. Marido de Kity, irmã do craque, Machuca ficou vinte dias internado antes de falecer, e o ocorrido teria atingido Maradona fortemente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.