Maradona é mantido isolado em nova clínica

Internado desde ontem na Clínica del Parque, no município de Ituzaingó, na zona oeste da Grande Buenos Aires, Diego Armando Maradona está sendo mantido isolado pelos médicos. Depois dos problemas que o astro argentino teve na Clínica Suíço-Argentina, por onde passou duas vezes desde a primeira internação em 18 de abril, a decisão médica foi endurecer o tratamento do ex-jogador contra a dependência de drogas.Maradona está num quarto individual da clínica psiquiátrica. Não tem contato com fãs, jornalistas e os outros pacientes - até mesmo a visita da família está sendo controlada. A dieta do astro, um dos problemas que o levaram a ser internado nas duas outras vezes, também está sendo muito rígida.Aos 43 anos, Maradona foi transportado na tarde de domingo da Suíço-Argentina para a Clínica del Parque. Mas teve de ser sedado, pois seu desejo era deixar o hospital e voltar para a chácara de um amigo onde estava hospedado em Buenos Aires - o ex-jogador vive há cerca de 4 anos em Cuba. Sua ex-esposa Claudia é quem foi encarregada de comunicá-lo da ida para a clínica psiquiátrica.Os policiais também estão colaborando no isolamento de Maradona. Tanto que mantêm fãs e jornalistas a cerca de 100 metros da entrada da clínica, para evitar que o barulho e o assédio incomodem o ex-jogador. Mesmo assim, os seguidores do astro continuam a vigília, esperando a sua melhora.A boa notícia é que Maradona deu uma pequena caminhada, ainda no domingo, pelo parque que cerca a clínica psiquiátrica. Acompanhado pelos médicos, ele andou por cerca de 20 minutos e depois voltou para o quarto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.