TOMAS CUESTA / AFP
TOMAS CUESTA / AFP

Maradona ganha homenagem em avião; conheça o 'Tango D10S' envelopado com a imagem do craque

Jato Bombardier CL-600-2B16 Challenger 601, de matrícula LV-JVB, recebe pintura em homenagem ao ídolo morto em 2020 e servirá como museu itinerante

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de maio de 2022 | 09h00

Ídolo máximo dos torcedores argentinos, Diego Armando Maradona ganhou mais uma homenagem de seus fãs na última semana. Desta vez, o rosto do jogador foi estampado em um avião, batizado de "Tango D10S", que viajará para a Copa do Mundo do Catar no fim deste ano. Maradona morreu em novembro de 2020, aos 60 anos.

O jato Bombardier CL-600-2B16 Challenger 601, de matrícula LV-JVB, pintado em azul e branco, também servirá como um museu itinerante de Maradona e deverá viajar o mundo em eventos de divulgação. Dentro da aeronave será possível encontrar chuteiras e camisas que Maradona usou durante a carreira.

A apresentação da aeronave foi feita na última semana no Aeroporto de Morón, em Buenos Aires, e contou com a presença de ex-companheiros de Maradona na Copa do Mundo de 1986, vencida pela Argentina, como Sergio ‘Checho’ Batista e Ricardo Bochini. Juan Pablo Sorín também marcou presença no evento na capital argentina.

O projeto é encabeçado pelo grupo empresarial Give&Get. A arte presente na fuselagem da aeronave foi feita à mão pelo artista plástico Gastón Kolker, que retratou em um lado da cauda do "Tango D10S" a icônica cena do gol da "mão de Deus", da Copa do Mundo de 1986, contra a Inglaterra, e do outro lado, o rosto do craque. Lançado no último dia 25, a atração foi inaugurada para homenagear um ano e meio da morte do ídolo, que morreu em 25 de novembro de 2020.

Conheça o Tango D10S

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMaradonaavião

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.