Maradona já está cansado do hospital

"Estoy podrido. Me quiero ir" (Já estou farto. Quero ir embora). A frase pronunciada na manhã desta terça-feira por Diego Armando Maradona, da cama do hospital onde ele está internado desde o dia 18, já tem lugar garantido na vasta galeria de frases marcantes do ex-jogador. O astro argentino recuperou a consciência na véspera na segunda-feira, quando conversou alguns minutos com suas duas filhas, Dalma e Gianinna. Segundo fontes do hospital, Maradona está de bom humor, mas conta os minutos para ir embora dali. O ex-jogador emitiu, inclusive, um comunicado na tarde desta terça, no qual agradece o afeto dos fãs e deseja sorte à seleção argentina no jogo que terá na quarta-feira contra o Marrocos.Alta - Ao mesmo tempo, foi divulgado o comunicado oficial médico, no qual a clínica Suíço-Argentina informa que o estado do ex-jogador apresenta constantes melhoras, que o coração permanece estável, mas que ele ainda está sendo medicado com antibióticos para combater a infecção pulmonar.Maradona está sendo alimentado com líquidos, basicamente água, chá e gelatina, e o seu organismo não os está rejeitando. O ex-jogador também já respira por conta própria - nesta terça-feira, completou seu terceiro dia sem os aparelhos de respiração artificial.Também nesta terça-feira, Maradona conversou com sua ex-esposa Claudia Villafañe e os médicos, a quem expressou seu desejo de partir logo da clínica Suíço-Argentina, onde está internado desde o dia 18 de abril. Mas ele deve ficar pelo menos mais duas semanas internado, sendo que 7 dias ainda seriam na UTI.Tratamento - Três fisioterapeutas batem nas costas do ex-jogador a cada três horas, para facilitar a expectoração. Os pulmões de Maradona estão em péssimo estado, por ele estar se recuperando de uma pneumonia. Além disso, no dia da internação, o astro teria ingerido o próprio vômito, fato que teria prejudicado os pulmões.Ex-esposa - Cláudia tem ficado a maior parte do tempo ao lado de Maradona. A paciência dela até surpreende, desde que pediu o divórcio no ano passado, cansada da infidelidade do astro, que teve dois filhos fora do casamento.Ao lado das filhas, Cláudia parece disposta a proteger Maradona, evitando que os falsos amigos se aproximem do astro e, principalmente, que ele volte a procurar as drogas.Homenagem - Os torcedores do Boca Juniors, time do coração de Maradona, convocaram para sábado um "bandeiraço" - uma marcha ostentando as cores e bandeiras do clube - ao redor do Obelisco, o monumento-símbolo da cidade de Buenos Aires.A intenção da marcha é a de celebrar a recuperação do astro. O bandeiraço estava previsto para o sábado passado. O plano era realizá-lo em frente ao hospital onde Maradona está internado. Mas foi cancelado a pedido das filhas do ex-jogador, que alertaram para a necessidade de silêncio para a recuperação tanto do pai como dos outros pacientes do local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.