Maradona não veio, mas esteve presente

Diego Armando Maradona esteve presente nesta quarta-feira no Morumbi. Não na cabine de honra, junto com o presidente Mauricio Macri, mas sim no meio da torcida do Boca Juniors, que o idolatra mais e mais, conforme os anos se passam. Era um Diego gordo, com uma coroa na cabeça, sentado em um trono e cara de enfado, olhando para baixo e vendo Pelé engraxar seus sapatos, que repousam sobre uma bola. "Esta é a bandeira mais linda do mundo. Diego é grande", disse Javier Clausen, autor do desenho. "Todas as tevês do mundo já mostraram essa bandeira."Dizer que Maradona é melhor do que Pelé não causa nenhum embaraço aos torcedores argentinos - pelo menos 3 mil - que estavam nesta quarta-feira no Morumbi, na decisão contra o Santos. Existe até música: "Brasilero, Brasilero/ que amargo se te ve/Maradona es más grande/es más grande que Pelé.?Imagine se Pelé houvesse sido técnico de Palmeiras, Paraná ou Paysandu. O amor dos santista diminuiria, não? Maradona foi técnico de Racing, Newell?s Old Boys e Deportivo Mandyu e nenhum torcedor do Boca lhe cobra isso. "Diego é do Boca. Seu coração é do Boca. O resto foi trabalho, só isso", gritou Ariel Silvera, que veio de Santa Fé e tem aquele Diego de olhos arregalados, após o gol contra a Grécia na Copa de 94, estampado na camisa preta.Maradona está ali. Nas tatuagens, muitas tatuagens, e na camisa do Napoli, que Néstor Santamaria usa. "Pelé nunca jogou na Itália, nunca jogou na Espanha e Diego foi rei por lá também", comparou o torcedor.Maradona só é esquecido, um pouco, quando a torcida abandona o amor e começa a gritar o ódio. E então, é a hora de o River, las gallinas (as galinhas), ser homenageado. "Vamos, Boca, vamos/vamos a traer la Copa a la Argentina/ la Copa que perdieron las gallinas", era a música mais cantada, inclusive por torcedores argentinos com a camisa do Corinthians. "Somos irmãos", exageraram.

Agencia Estado,

02 de julho de 2003 | 22h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.